Macaé News
Cotação
RSS

Educação divulga recesso da Cidade Universitária

Publicado em 06/07/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Os cerca de 5.500 estudantes dos 18 cursos de graduação da Cidade Universitária entram em recesso acadêmico este mês e retornam às aulas em agosto. A Faculdade Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS) inicia o recesso no dia 13 de julho e retorna em primeiro de agosto; a Universidade Federal Fluminense (UFF) estende as aulas até o dia 17 de julho, retornando em 13 de agosto; e, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o recesso começa em 14 de julho e as aulas reiniciam em 6 de agosto. O curso de Medicina tem horário diferente e as aulas serão até a próxima sexta-feira (6) porque o primeiro semestre letivo foi iniciado antes, em 29 de janeiro.

Como são três Instituições de Ensino Superior (IES) de esferas diferentes no mesmo espaço, o cronograma das atividades também é diferenciado, portanto, veteranos e calouros iniciam o ano letivo no segundo semestre em datas definidas por cada IES. A parte administrativa também tem períodos alternativos, conforme cada instituição.

A Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior, que funciona no prédio administrativo no polo universitário, funcionará normalmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mesmo no período de férias escolares. A biblioteca compartilhada pela UFRJ e FeMASS terá horário reduzido, funcionando das 9h às 18h, durante o recesso, voltando ao horário normal até às 21h, a partir de 6 de agosto.

O cronograma das datas especiais é sempre aprovado pelos Conselhos Universitários de cada instituição. Os alunos das seis pós-graduações que funcionam no campus já têm horário diferenciado o ano inteiro por conta das atividades de pesquisas que não podem ser interrompidas.

Todos os cursos na Cidade Universitária são gratuitos. A FeMASS oferece Sistemas de Informação, Administração, Engenharia de Produção e Licenciatura em Matemática; a UFF, Direito, Administração e Ciências Contábeis; a UFRJ, Medicina, Farmácia, Nutrição, Enfermagem e Obstetrícia, Engenharias Civil, de Produção e Mecânica, Química e Ciências Biológicas – sendo esses dois últimos bacharelado e licenciatura. A maioria dos alunos vêm de outros municípios e estados brasileiros, com exceção da faculdade municipal que absorve pelo menos 80% dos alunos de Macaé.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: