Macaé News
Cotação
RSS

Festa de Santo Antônio Macaé reúne mais de 15 mil pessoas

Publicado em 21/06/2018 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Cantor Sérgio Reis foi a grande atração do dia 17

Cantor Sérgio Reis foi a grande atração do dia 17

Após seis dias intensos de programação voltada para toda a família, a festa em homenagem a Santo Antônio chegou ao fim no último domingo (17). Tradicional, o evento modificou-se de maneira vanguardista, apostando na boa música e na convivência comunitária e familiar como meio consistente de evangelização.

A festividade teve início na terça-feira (12), com a Santa Missa presidida pelo padre Alexandre Guidio, atual pároco da Paróquia Nossa Senhora da Saúde (Casimiro de Abreu). Após a celebração, uma queima de fogos abriu oficialmente as comemorações na praça em frente à Matriz Paroquial. Os fiéis também puderam conferir o show da Orquestra Paulista de Viola Caipira, que tocou sucessos bem conhecidos, entre eles o clássico “Romaria”, que emocionou o público presente.

No dia do padroeiro (13), a tradicional procissão luminosa em honra ao Santo percorreu as principais vias do bairro Visconde de Araújo, reunindo mais de 3 mil fiéis, e contou com algumas novidades. Entre elas, a elevação de três andores - além do grande homenageado, Santo Antônio -, os de Santa Teresinha e São Cristóvão (respectivamente padroeiros das comunidades do Campo D’Oeste e do Novo Horizonte, pertencentes à Paróquia, também foram prestigiados).

A Missa Campal em homenagem ao padroeiro foi celebrada na praça em frente à Igreja, sendo presidida pelo pároco, padre Gleison Lima, e concelebrada pelo vigário paroquial, padre Amauri da Silva, e pelo padre José Luís Bustamante, pároco da São João Batista, que proclamou o Santo Evangelho.

Durante a homilia, o padre Gleison ressaltou a popularidade de Santo Antônio, mundialmente devotado e com maior número de milagres reconhecidos pela Igreja Católica. Também destacou que devemos ter Santo Antônio como exemplo de vida e um coração que se aproxime ao seu.

– Somos chamados por Deus, assim como Antônio, que foi e venceu. Precisamos entrar no grande campo que é o mundo e jogar para ganhar. É tempo de recomeçar e pedir perdão. Que possamos ser instrumentos de paz e pureza. Não instigar e nem provocar ninguém. Deus quer que nosso coração seja fértil – conclamou o sacerdote, que no contexto da Copa do Mundo, afirmou a vocação do ser humano para a vitória.

A data coincidiu com o último dia da Trezena, sendo rezado o responso de Santo Antônio e distribuição dos tradicionais pãezinhos em homenagem ao padroeiro. A banda The Semens (As Sementes) apresentou-se após a Santa Missa, animando e esquentando o público com músicas católicas e também com um vasto repertório de MPB.

O tempo frio não desanimou os fiéis que compareceram em grande número ao terceiro dia de festa. A Missa desse dia foi presidida pelo padre Yves Mozer, da Paróquia Nossa Senhora da Soledade, de Sumidouro, e concelebrada pelo pároco Gleison Lima.

– Não podemos desanimar, desistir daquilo que Deus prometeu para nós. Muitas vezes queremos que Deus realize a sua providência em nossas vidas no hoje e agora. Se for da vontade de Deus, se Ele quiser, Ele realizará. Mas se não for, Ele realizará no tempo certo – disse o padre Yves em sua homilia.

– Que Santo Antônio nos ensine com sua vida, nos oriente para que possamos no espírito de fé, não ficarmos parados, fazendo desse tempo, estarmos com o Senhor. Que saibamos esperar o sinal de Deus – completou.

Após a Santa Missa, a apresentação da noite ficou por conta da Banda Dom, que cantou vários sucessos. O show encantou os fiéis, em um clima de muita paz e louvores a Deus.

O quarto dia de festejos começou com a Santa Missa celebrada pelo padre Jorge Moreira, vigário da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, que conclamou os fiéis a se inspirarem em Santo Antônio para uma vida coerente com o Evangelho deixado por Jesus Cristo.

A noite de sexta-feira (15) teve atrações para todas as idades e lotou a praça do Visconde. Incluindo uma apresentação do Patati Patatá Cover, que encantou as crianças com um show lúdico e que terminou com pedido de paz para a nova geração, cativando as famílias presentes.

Na sequência, o grupo de quadrilha Lua de Prata, do bairro Lagomar, retornou à comunidade para dançar clássicos dos festivais. Debaixo de chuva, os componentes mostraram que a paixão pela tradição junina supera qualquer desafio, arrancando aplausos do público.

Encerrando a noite, o macaense Ricardo Badaró interpretou músicas que atravessam gerações, desde clássicos de João Bosco e Alceu Valença, passando por composições de artistas locais, como do letrista Gerson Luiz. O espaço ainda se transformou numa roda de samba que animou pessoas de todas as idades, numa apresentação memorável e empolgante.

A programação do penúltimo dia começou cedo, com uma tarde voltada para as crianças. A “tarde kids” contou com brincadeiras, louvores e bastante diversão para a garotada. À noite, a Missa foi presidida pelo Frei Zeca, que logo após se apresentou no palco do evento. Com um repertório católico, o frei caminhou por músicas de seus vários CDs gravados, como “Em tuas mãos, Senhor”, “Pra ser feliz” e faixas dançantes do CD “Forró do povo de Deus”, animando e emocionando o público com as suas palavras de amor e dedicação à Maria e a Jesus Cristo. O “Evangelizashow” de carisma, fé e testemunho marcaram o penúltimo dia do evento dedicado a Santo Antônio.

No domingo (17), último dia da festa de Santo Antônio, a praça ficou lotada e o público bastante animado. A Santa Missa que geralmente acontece aos domingos às 9h, teve seu horário alterado para as 10h. Logo em seguida, começou a ser servido o almoço, um churrasco especial dedicado à família. Às 15h, os paroquianos puderam assistir a estreia do Brasil na Copa do Mundo, contra a Suíça: um telão foi especialmente montado no palco para que ninguém perdesse nenhum lance da partida.

A Missa de encerramento iniciou-se às 18h, sendo celebrada pelo pároco, padre Gleison, e em seguida os fiéis puderam assistir ao show do cantor Sérgio Reis, que fez um apanhado dos seus maiores sucessos, entre eles “Filho Adotivo” e “Panela Velha”. A organização estima a presença de cerca de 10 mil pessoas apenas nesta noite de despedida da festa.

Após o show, houve o sorteio da Ação entre Amigos, que neste ano contou com 10 prêmios. O ponto alto foi o sorteio do carro 0 km, um Fiat Mobi Branco, sendo arrematado por um paroquiano sortudo que tinha comprado a rifa horas antes.

A Festa de Santo Antônio esse ano contou com inúmeras barracas de comida, doces e bebidas. O espaço ampliado com mesas e cadeiras, pôde dar mais conforto ao público. O palco montado no centro da praça também foi um dos destaque dos seis dias de evento, pois permitia que as pessoas pudessem assistir aos shows de várias partes da praça. O evento, assim como nos anos anteriores, foi todo pensado e montado para atender a família da melhor forma possível e, claro, deixar o Santo Padroeiro orgulhoso!

Por : Pastoral da Comunicação

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário