Macaé News
Cotação
RSS

Prefeitura trata obesidade como questão de saúde pública

Publicado em 20/06/2018 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


O projeto Nutrição Itinerante, da Prefeitura de Macaé; o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan web), do governo federal; estudantes de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) campus Macaé alertam para o crescimento do sobrepeso em adultos.

Um exemplo foi o trabalho desenvolvido no ano passado, quando 100 servidores da Prefeitura de Macaé passaram por avaliações físicas e destes, apenas 24% apresentaram peso adequado. O excesso de peso aparece em 76% dos servidores, sendo 30% com diagnóstico de sobrepeso (Índice de Massa Corporal - IMC - igual ou acima de 25 e menor que 30); 20% com obesidade grau I (IMC igual ou acima de 30 e menor que 35); 6% com obesidade grau II (IMC igual ou acima de 35 e menor que 40); 20% com obesidade grau III (IMC igual ou acima de 40).

A nutricionista e gestora do Sisvan web no município, Carolina da Costa Pires, explica que esses dados foram levantados durante o trabalho realizado pela equipe no Programa Saúde do Servidor. O objetivo é o diagnóstico precoce e um tratamento adequado e individual.

- Todos os servidores receberam informações de educação alimentar e terapia nutricional em grupo ou individual, pelo Sisvan, Projeto Nutrição Itinerante e/ou na Rede de Atenção à Saúde, a partir do atendimento realizado pelas nutricionistas - explicou.

Ela acrescentou que, entre as ações realizadas pela equipe, estão a construção de um cardápio ilustrado para guiar as pessoas que desejam ter uma alimentação mais saudável, ajudando dessa forma na perda de peso.

- Os casos que precisam de mais atenção são encaminhados para a assistência ambulatorial que a nossa rede de Atenção Básica de Saúde oferece - completou.

A nutricionista comentou que o projeto ajuda a reduzir o número de licenças e aposentadorias por invalidez associadas ao desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. Vários tipos de câncer, hipertensão, diabetes, doenças articulares e agravos à saúde mental são algumas delas.

Para a responsável do Nutrição Itinerante, a nutricionista Lilian Scherrer, a intenção desse programa é também multiplicar e influenciar a educação nutricional nos servidores.

- Muitos deles se assustam quando se deparam com o aumento do seu próprio peso. É importante que cada um possa olhar a si, além de evitar doenças, aumentar sua autoestima e melhorar sua qualidade de vida - enfatizou.

Projeto orienta mudança de hábitos alimentares

A dentista especialista em Odontologia do Trabalho, Luciana Correia Lima e Silva, do Centro de Especialidade Odontológicas (CEO), conta que solicitou a parceria dos profissionais da Catan, no ano passado, e a aceitação foi positiva.

- A adesão foi muito grande e além de cuidar da estética e autoestima, o servidor cuida da sua saúde. Uma auxiliar de saúde bucal ficou muito satisfeita com os resultados. Agora ela sai direto do trabalho e vai para a academia, contou.

Luciana acrescentou ainda que depois do atendimento realizado em grupo, os profissionais recebem assistência individual. "O trabalho é realizado uma vez por mês para uma média oito pessoas", conclui.

Solicitações de visitas da equipe e informações por meio do email catanmacanutricao@gmail.com e do telefone da Catan 2759-1024.

Locais de atendimento em Nutrição:

Centro de Referência do Diabético (CRD) para diabéticos e renais, que funciona no Centro de Saúde Jorge Caldas, Centro, (22) 2762-7996.

ESF Visconde - Rua Zilda Zarour, s/nº, Novo Visconde.

Centro de Especialidades Moacyr Santos (barracão) - Ambulatório Geral - Rua Marechal Rondon, 390, Miramar.

Ambulatório Especializado em Obesidade - Rua Luiz Belegard, 50, Imbetiba, funciona dentro do pronto-socorro (22) 2762-9506.

Unidade Básica de Saúde (UBS) Novo Cavaleiros - Ambulatório Geral - Alameda Industrial Silvino Frota, 495.

Núcleo de Práticas Integrativas - Ambulatório Geral - Rua Conde de Araruama, número 344, Centro.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário