Macaé News
Cotação
RSS

Fecomércio: saques do PIS/Pasep contribuirão para economia fluminense

Publicado em 15/06/2018 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


A decisão do governo federal de liberar o saque das contas inativas do PIS/Pasep para quem tem direito ao benefício é positiva para o comércio do Rio de Janeiro e ajudará a movimentar a economia do estado, segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ).

Em nota, a entidade avalia que a decisão deverá injetar R$ 39,3 bilhões referentes aos programas e beneficiará 28,7 milhões de trabalhadores em todo o país.

Para a Fecomércio, a liberação de recursos tende a melhorar as estimativas de crescimento projetados pela entidade para o segundo semestre do ano. “A medida ajudará a movimentar a economia do estado do Rio, assim como aconteceu com a liberação do saque das contas inativas do FGTS no último ano, cujos volumes chegaram a R$ 44,3 bilhões em todo o país”.

Segundo a Fecomércio, o montante liberado para o PIS/Pasep é quase o mesmo pago pelo FGTS, e corresponde a 2,5% do faturamento anual do comércio varejista brasileiro, de cerca de R$ 1,6 bilhão.

A avaliação da entidade é de que o comércio deve ser o principal beneficiado com a injeção de recursos, tendo em vista que os trabalhadores que têm direito ao saque podem usar os valores para consumo ou mesmo para quitar dívidas e limpar o nome em órgãos de proteção ao crédito.

“Além dos recursos dos saques, temos fatores que contribuem para um cenário favorável à retomada da recuperação econômica do estado do Rio, abalada com a paralisação dos caminhoneiros: crescimento de 2,5% do comércio no primeiro trimestre do ano, devido ao aumento da renda e da oferta de crédito; e retomada no saldo de empregos em março e abril no Rio”.

› FONTE: Agência Brasil


sem comentários

Deixe o seu comentário