Macaé News
Cotação
RSS

MEC avalia atuação do Plano Municipal de Educação em Macaé

Publicado em 10/05/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


De olho nos rumos educacionais, a rede municipal participa de encontros voltados para ações que visam ao monitoramento e avaliação do Plano Municipal de Educação (PME). O objetivo é obter subsídios para acompanhar as estratégias e ações referentes ao cumprimento das metas estabelecidas. 

Para isso, uma equipe formada por representantes do Ensino Fundamental, Supervisão Escolar, Programas, Projetos e Conselhos Escolares, que atuam na Secretaria de Educação, se reuniram em Quissamã, na semana passada, com a técnica orientadora de monitoramento e representante do Ministério da Educação (MEC), secretária de Estado de Educação, Denise Corecha.

Participaram representantes dos municípios de Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabu, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. Na ocasião, a técnica apresentou estratégias para acompanhar e reavaliar o andamento do Plano Municipal de Educação.

O objetivo é colaborar com o plano, que apresenta dados e metas abrangendo a Educação Infantil, Especial, de Jovens e Adultos e Ensino Fundamental, destacando também diretrizes para a Educação Superior para os próximos dez anos, conforme a Lei Federal nº 10.171/2001 (PNE), que visa assegurar continuidade das políticas públicas no setor.

Em Macaé, o PME foi sancionado pelo prefeito Dr. Aluizio, por meio da Lei 4.106 de 2015. O Plano Municipal de Educação tem como objetivos a elevação global do nível de escolaridade da população, melhoria da qualidade do ensino em todos os níveis, redução das desigualdades sociais, no tocante ao acesso e à permanência, com sucesso, na educação.

Na lista também estão a democratização da gestão do ensino público nos estabelecimentos oficiais, o que implica na participação dos trabalhadores da educação. A elaboração do projeto político-pedagógico da escola e a participação das comunidades escolares e locais em organizações estudantis, conselhos escolares e gestores também fazem parte do PME.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário