Macaé News
Cotação
RSS

TJD condena Macaé e Voltaço escapa da seletiva em 2019

Publicado em 14/04/2018 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Por decisão unânime, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) condenou o Macaé por escalação irregular do atleta Lucas Gabriel, que jogou toda a Taça Rio sem contrato. A pena será a perda de 26 pontos e mais multa de R$ 15 mil. Com isso, o Volta Redonda está garantido na elite do Campeonato Estadual de 2019. O caso ainda cabe recurso ao pleno do TJD e depois ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

No julgamento que ocorreu nesta sexta-feira, dia 13, todos os presentes votaram com o relator da denúncia, que pedia a aplicação da pena máxima (perda dos 26 pontos). Com a punição, a equipe do Norte Fluminense termina na lanterna na classificação geral do Campeonato Carioca, com -14 pontos. Já o Volta Redonda sobe para a 10° posição e não precisará jogar a primeira fase do Estadual no ano que vem.

Pela denúncia, o vínculo de Lucas Gabriel com o Macaé, publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 4 de dezembro passado, tinha duração de 20 de novembro de 2017 a 20 de fevereiro de 2018. O compromisso não foi renovado e o atleta atuou em todos os seis jogos da segunda fase do Campeonato Carioca.

A SELETIVA

A seletiva é um campeonato preliminar que reúne seis equipes que disputam duas vagas para a elite do Campeonato Carioca. Em 2019, Resende, Goytacaz, Nova Iguaçu, e agora Macaé, farão parte da seletiva. Essas quatro equipes se juntam a outras duas que subirem da Série B1-2018. A segunda divisão carioca ainda vai ter início em maio.

CAMPEONATO BRASILEIRO
O Voltaço treinou na manhã desta sexta-feira e viajou para Curitiba-PR, onde no domingo, dia 15, enfrenta o Operário-PR pela abertura do Campeonato Brasileiro da Série C. A partida acontece às 15h30min, no Estádio Germano Kruguer.

› FONTE: Voz da Cidade


sem comentários

Deixe o seu comentário