Macaé News
Cotação
RSS

Educação amplia parceria com o Nupem/UFRJ

Publicado em 27/02/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


O trabalho começa com a doação pela população

O trabalho começa com a doação pela população

A Secretaria Municipal de Educação ganhou um novo parceiro no projeto de coleta do óleo vegetal ou de cozinha usado, contribuindo para a sustentabilidade ambiental e a qualidade de vida dos cidadãos. O Núcleo de Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental (Nupem), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), campus Macaé, é o novo ponto de coleta de óleo doméstico usado. O material serve para reciclagem, em parceria com a Escola Municipal Olga Benário Prestes e a Transforma Gerenciamento de Resíduos.

Todo o óleo coletado é destinado para reciclagem e usado como matéria-prima na produção de sabão, detergente e de fontes alternativas de energia, como o biodiesel. Na rede municipal, o Colégio Ancyra Gonçalves Pimentel já é modelo com resultados positivos à frente do projeto “Produzindo Autonomia”, de reciclagem do material recebido pela população, para a fabricação de sabões em barra, líquido e pastoso, bem como essências de ambientes e velas decorativas e aromatizadoras.

O trabalho começa com a doação pela população, que basta comparecer aos pontos de coleta (lista abaixo), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, levando o óleo que não serve mais para ser utilizado.

O projeto no Ancyra vai além de cuidados com o ambiente, pois também faz parte da Educação Inclusiva, uma vez que entre os estudantes participantes existem os com deficiências múltiplas atendidos no colégio. Juntos com outros estudantes das turmas regulares e de robótica, eles vão para o laboratório de Ciências e de recursos multifuncionais fabricar sabão. O óleo que sobra da produção de sabão também é destinado para uma ação sustentável: a reciclagem para a fabricação de biodiesel pela empresa RBM Tratamento de Resíduos, que firmou parceria com a Educação desde 2016 para a compra das sobras.

Projeto transformador na vida dos estudantes

O diretor do Ancyra e também professor de Ciências, Éder Peçanha, disse que o projeto “Produzindo Autonomia” é gerenciado pelo Núcleo de Inclusão, Tecnologia e Pesquisa (Nintepe) e tem ajudado a mudar o  perfil dos estudantes.

- Além da responsabilidade social e da responsabilidade diante das atividades, identificamos que os participantes estão cada vez mais dinâmicos, reflexivos e conscientes do papel no ambiente. Outro fator transformador é que nossos alunos estão ampliando os conhecimentos técnicos, habilidades e o vocabulário. A linguagem dos integrantes do projeto está diferenciada e científica. Eles explicam  com precisão o funcionamento do projeto, observou.

No Nupem, o trabalho faz parte da campanha eureciclonupem, que orienta a população sobre o passo a passo para a reciclagem do óleo de cozinha usado. As dicas são simples e fáceis de serem colocadas em prática por todos os cidadãos: espere o óleo esfriar completamente; com um funil, despeje-o numa garrafa PET (Polietileno tereftalato); limpe a panela e o funil com guardanapo, que deve ser descartado no lixo orgânico; leve o óleo até o ponto de coleta.

O Nupem já mantém parceria com a Escola Olga Benário, onde foi inaugurado o Laboratório Integrado de Ciências, no ano passado, e os alunos, acompanhados dos professores, desenvolvem projetos como o de reciclagem do óleo.

A Secretaria Municipal de Ambiente e Sustentabilidade também desenvolve, desde 2014, o Programa de Coleta de Óleo Vegetal Usado. Nesse período, recolheu e encaminhou para reciclagem, até 2017, o total de 20.231 litros, e conta com 12 pontos de entrega voluntária do óleo vegetal usado no município. Só em 2017 foram recolhidos 7.882 litros.

Pontos de entrega voluntária das garrafas PET contendo o óleo de cozinha usado:

Escola Olga Benário: Rodovia Amaral Peixoto, Km 181 - bairro São José do Barreto;

Colégio Ancyra: Avenida Amaral Peixoto, 555 - bairro Miramar;

Nupem - Avenida São José do Barreto, 764, atrás do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho.

Além dos 12 pontos do programa da Secretaria de Ambiente:

Cavaleiros - em frente ao posto 2, próximo ao Espaço de Convivência;

Sana - Base Operacional da secretaria de Ambiente;

Alto dos Cajueiros - na secretaria de Ambiente (Avenida Rui Barbosa, 1.725);

Centro - Colégio Luiz Reid - será realocado para praça do bairro Visconde de Araújo;

Centro - Mercado de Peixes;

Morada das Garças - Guarita de entrada do bairro;

Barra de Macaé - Macaé Facilita;

Córrego do Ouro - Macaé Facilita;

Lagomar - na Rua W5;

Mirante da Lagoa - entrada principal do Mirante da Lagoa - será realocado para a praça Principal do Mirante, onde fica a Associação de Moradores do Mirante da Lagoa (Amola);

Aroeira - Restaurante Popular - foi realocado para o Colégio Municipal da Aroeira;

Parque Aeroporto - sede da Associação de Moradores do Parque Aeroporto.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: