Macaé News
Cotação
RSS

Programa de Residência Médica forma sua terceira turma

Publicado em 24/02/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Os alunos atuaram no Hospital Público Municipal (HPM), Hospital São João Batista, ambulatórios da rede municipal e Casa do Idoso

Os alunos atuaram no Hospital Público Municipal (HPM), Hospital São João Batista, ambulatórios da rede municipal e Casa do Idoso

A formatura da terceira turma de residência médica, programa da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Macaé, foi realizada, nesta sexta-feira (23), no auditório do Hospital São João Batista (HSJ). Depois de dois anos, 14 profissionais, em três especialidades, entre elas clínica médica, pediatria e cirurgia geral, receberam o certificado de conclusão do curso. A cerimônia contou com a presença de professores, coordenadores e preceptores, além de familiares dos alunos.

No encontro, o secretário adjunto de Alta e Média Complexidade, Leandro Matos Soares, destacou que a residência médica contribui para toda a rede de saúde. "É um marco para o município. A cada turma que se forma, a troca de conhecimentos entre médicos e residentes beneficia o paciente", frisou.

Para o coordenador de Programa de Residência Médica e Clínica Médica, da Secretaria de Saúde, Sávio Mussi, a iniciativa, que acontece em todas as unidade de saúde, é um processo transformador de ensino e aprendizagem.

Os alunos atuaram no Hospital Público Municipal (HPM), Hospital São João Batista, ambulatórios da rede municipal e Casa do Idoso (laboratório escola). Os residentes, Rafael Mendonça, Paula Seady Salgado e Thiago Lima, são de Macaé e falaram sobre a importância do desenvolvimento profissional na cidade.

"A oportunidade de evolução do ensino é uma melhoria na saúde. Estou concluindo a clínica médica e vou me especializar em cardiologia", disse Thiago. Seus colegas Rafael e Paula, que também fizeram clínica médica, terão como próximo passo a especialidade em gastroenterologia. "Realizar a residência médica em Macaé mostra que a cidade tem fomentado a atualização dos médicos", complementa Paula. "A ideia é dar continuidade aos conhecimentos, valorizando os pacientes", revelou Rafael.

A coordenadora do programa de cirurgia geral, Milena Borges, que representou a Comissão de Residência Médica (Coreme), falou sobre a importância da formação. "Crescemos juntos. Doamos conhecimentos, mas também recebemos muito em troca", ressaltou a médica. 

Nova turma

No próximo mês está previsto o início de mais uma turma de residência médica. São 21 vagas destinadas aos graduados em Medicina distribuídas da seguinte forma: Clínica Médica (8); Pediatria (5); Cirurgia Geral (4); e Medicina da Família e Comunidade (4). Os candidatos terão de cumprir 60 horas semanais na forma do artigo 5º, da Lei 6.932/81, durante o prazo de duração de dois anos do processo.

O processo é organizado pela Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Comissão de Residência Médica (Coreme) e a Secretaria Adjunta de Ensino Superior. A coordenadora do Programa de Pediatria, Ângela Márcia Mendonça, afirmou que o trabalho está em constante crescimento. "A troca de experiências tem como resultado a qualidade dos serviços prestados", acrescentou.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário