Macaé News
Cotação
RSS

Mais de 550 mudas de árvores são plantadas como medida compensatória

Publicado em 16/02/2018 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


557 mudas de árvores de Pau Ferro, Mirindiba, Ipê Amarelo, Aldrago, Sibipiruna e Oiti, na Granja dos Cavaleiros

557 mudas de árvores de Pau Ferro, Mirindiba, Ipê Amarelo, Aldrago, Sibipiruna e Oiti, na Granja dos Cavaleiros

Atenta às questões ambientais, qualidade do ar e respeito à natureza, a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade (Sema), através do setor de Arborização e Paisagismo, orienta, acompanha e fiscaliza medidas mitigadoras e compensatórias, promovidas por empresas baseadas no município. Fruto de compensações ambientais, de novembro de 2017 a fevereiro de 2018, foram plantadas 557 mudas de árvores de Pau Ferro, Mirindiba, Ipê Amarelo, Aldrago, Sibipiruna e Oiti, na Granja dos Cavaleiros, Vale Encantado e Vale da Glória.

O secretário municipal de Ambiente e Sustentabilidade, Gerson Martins, ressalta a importância da arborização urbana, que promove avanços ecológicos, estéticos, econômicos e sociais. "A ação também realiza estabilidade climática, conforto ambiental, melhoria da qualidade do ar, além da saúde física e mental dos cidadãos", analisa.

Já a coordenadora do setor de Arborização e Paisagismo, Nathália Oliveira, afirmou que essa plantação foi realizada em cumprimento de medida compensatória de corte de árvores realizado por uma empresa. Sob a orientação técnica da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, a empresa promoveu o plantio seguindo orientações quanto ao local e as espécies a serem plantadas.

Outras áreas do centro de Macaé, além de trechos da rodovia Amaral Peixoto, do trevo das Bandeiras e da avenida Industrial, também receberão plantio de mudas de diversos tipos de árvores nos próximos meses.

Um setor imprescindível

A Coordenadoria de Arborização e Paisagismo também é responsável pela poda e corte de árvores nas ruas da cidade. Estas podem ser feitas nas esferas particular e pública. Em ambas, o requerente deve dar entrada no processo junto ao protocolo da Sema, que envia ao local um engenheiro para análise situacional.

Solicitação de plantio em área pública também se dá com este setor, onde os contribuintes fazem o requerimento junto ao protocolo da Sema. Os técnicos avaliam o pedido, considerando localidade e solo, bem como possíveis riscos a patrimônios público ou privado, uma vez que raízes e copas de árvores podem ocasionar danos reais. Para mais informações, os telefones da Coordenadoria de Arborização e Paisagismo são (22) 2772-3571 ou 2772-1810.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário