Macaé News
Cotação
RSS

Ostrascycle é segundo evento que mais movimenta comércio local

Publicado em 30/03/2014 Editoria: Ostrascycle 2014 sem comentários Comente! Imprimir


Comerciantes de Costazul elogiam estrutura e se mostram satisfeitos com movimento na  economia da cidade

Comerciantes de Costazul elogiam estrutura e se mostram satisfeitos com movimento na economia da cidade

Desde a última quinta-feira, o Encontro de Motociclistas de Rio das Ostras vem movimentando a economia da cidade. O evento conta com diversas stands com venda de produtos direcionados ao segmento, como motos, roupas de couro e acessórios, dentro e fora do Espaço de Eventos. Mas, toda essa movimentação também contribui economicamente  para o comércio do entorno. Bares, mini mercados, ambulantes e restaurantes ganham com o evento.

O comerciante José Carlos Vieira, que tem um bar há quatro anos, em frente ao antigo camping de Costazul, afirma que teve um aumento de 60% no movimento. Ele diz que, geralmente, o comércio do entorno investe bem quando são realizados grandes eventos em Rio das Ostras. José Carlos conta que alguns dias antes se preparou com um aumento de 70 a 80% no estoque de bebidas. Além disso, o forte do seu bar é o torresmo, que o público gosta muito como acompanhamento. "A estrutura este ano ficou bem melhor e a cada edição o movimento aumenta mais. Estou muito satisfeito e o bacana também é que a gente acaba conhecendo pessoas de toda parte do Brasil e outros países. Os motociclistas sempre colocam adesivos dos motoclubes no vidro do balcão", acrescenta.

A conhecida baiana de Costazul, Silvia Turiel, também diz que este é o segundo evento que dá mais retorno em seu comércio. O movimento chega a triplicar no estabelecimento na sexta-feira e no sábado. Para ela, outra novidade do evento que contribuiu foi a mudança de local do palco 2, que antes era na praia e agora ficou na avenida Roberto Silveira. Silvia chegou  a vender por noite de 500 a 600 acarajés. "Está sendo muito bom para todo mundo, para comerciantes e ambulantes também. Durante o evento, ainda revejo amigos que conheci nos outros anos. Com uma estrutura e organização melhores, a receptividade é sempre muito boa", ressalta a baiana.

Os restaurantes também ganham com o Ostrascycle. Sandra Portela, que também trabalha em um restaurante em frente ao camping, diz que teve que fechar as portas para poder organizar a  movimentação. Segundo ela, o movimento foi cinco vezes maior do que o normal. "A equipe foi mantida, só estendemos um pouco o horário de atendimento. Trabalhamos com serviço a la carte, mas é só ter paciência, que o público vai ser bem servido. Mas é tudo muito bom, aqui todos ganham e esperamos que seja cada ano melhor", conclui Sandra.

 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: