Macaé News
Cotação
RSS

I Concurso de Marchinhas da Região dos Lagos

Publicado em 29/01/2018 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A animação e a irreverência tomaram conta da noite de sexta-feira (26) no Quintal Music Bar, em São Pedro da Aldeia, com a realização do I Concurso de Marchinhas da Região dos Lagos, uma realização da Dreamers Island Produções com apoio da Prefeitura da cidade, por meio da Subsecretaria de Turismo.

20 concorrentes mostraram suas canções para um jurado presidido pelo rei das marchinhas, João Roberto Kelly e formado por figuras como o intérprete do Império Serrano, Gil Bom Gil e Brasa, carnavalesco histórico do município e um dos bonecões do Carnaval aldeense ainda vivo. A grande vencedora da noite foi a marchinha de Darcy da Portela, do Rio de Janeiro, com o tema “Mulher é bom demais”. No segundo lugar ficou, com o tema “São Pedro da Aldeia”, de Félix e em terceiro lugar, empatados, ”Até o dia clarear” de Palma Rosa e “Entrada”, de Vanda Rosa.

O subsecretário de Turismo Luiz Carlos Rocha festejou o sucesso do concurso prometendo mais para o ano que vem.

“É disso que São Pedro da Aldeia precisa para o Carnaval, tradição, marchinhas e alegria com as famílias e nada melhor do que um concurso como esse para anteceder os dias de folia que vem aí” afirmou.

O compositor de marchinhas como “Cabeleira do Zezé”, “Mulat Hally Gully” e outras, João Roberto Kelly elogiou o nível das canções e saudou a iniciativa.

“Esse concurso mostra que as marchinhas estão vivas na mente do povo brasileiro. Muitas canções boas e irreverentes. São Pedro da Aldeia também sabe fazer marchinha” afirmou.

O vencedor do concurso, Darcy da Portela, contou que veio do Rio de Janeiro de Uber com o intuito de dar força à essa iniciativa.

“Achei muito bom o interior se mobilizar para manter viva as marchinhas e vim aqui dar minha contribuição” disse ele.

Prestigiaram o evento a secretária de Estado de Turismo, Nea Marion e os secretários municipais aldeenses de Fazenda, Carlos Ronan; de Assistência Social e Direitos Humanso, Esther Marques; adjunta de Cultura, Edilúcia Marques e o Procurador Geral, Cristianp de Oliveira, que fez parte do júri. 

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário