Macaé News
Cotação
RSS

Preso segundo suspeito de liderar confronto em Macaé

Publicado em 14/01/2018 Editoria: Polícia sem comentários Comente! Imprimir


A polícia prendeu o segundo suspeito de participar do confronto no bairro Lagomar, em Macaé, no interior do Rio, que resultou na morte de um policial militar. O homem foi encontrado na manhã deste sábado (13) no bairro Nova Holanda. O primeiro suspeito foi preso nesta sexta-feira (12).

De acordo com a Polícia Federal, o homem estava ferido e recebia os cuidados de uma enfermeira. Ainda segundo a polícia, os ferimentos são decorrentes de dois que acertaram o suspeito na terça-feira, durante o confronto.

Polícia Federal prende suspeito de liderar invasão que resultou na morte de um PM em Macaé

Segundo a PF, o primeiro suspeito preso tem 24 anos e foi localizado em Rio das Ostras. Ele já tem uma condenação por associação ao tráfico de drogas e possuía um mandado de prisão aberto.

A captura do suspeito contou com o apoio da Polícia Militar. Ele foi encaminhado para a 128ª Delegacia Legal de Rio das Ostras.

A onda de violência começou depois de uma operação contra criminosos ligados ao tráfico de drogas. Ônibus foram queimados e comércio e escolas ficaram fechados. Ao todo, cinco pessoas morreram e quatro ficaram feridas.

Uma operação da PM foi iniciada com o apoio de policiais dos batalhões de Campos dos Goytacazes, Itaperuna e Santo Antônio de Pádua, além de dois helicópteros vindos do Rio.

Desde terça, outros 12 suspeitos foram presos e nove armas foram apreendidas. Além de armas, os policiais também apreenderam 508 munições, 46 buchas de maconha, e 237 pinos e 370 sacolés de cocaína.

Um dos cinco mortos após a invasão foi o cabo José Renê Araújo Barros, de 35 anos, morto com um tiro na cabeça. O corpo do policial foi enterrado na quarta-feira (10) em Itaperuna, sua cidade natal.

O Disque Denúncia divulgou um cartaz oferecendo R$ 5 mil de recompensa para quem tiver informações que ajudem a esclarecer a morte do policial.

› FONTE: G1


sem comentários

Deixe o seu comentário