Macaé News
Cotação
RSS

Educação incentiva o ingresso à Educação de Jovens e Adultos

Publicado em 05/01/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A rede municipal está implantando parcerias para o desenvolvimento do programa Analfabetismo Zero. A iniciativa é zerar o índice de analfabetismo no município e incentivar o ingresso na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Macaé conta com 17 escolas que atendem cerca de três mil estudantes na modalidade de Educação Jovens e Adultos (EJA). O cadastro pode ser feito entre os dias 15 a 19 de janeiro, período da terceira fase da pré-matrícula na rede municipal. Os interessados podem se inscrever  pelo endereço eletrônico www.macae.rj.gov.br ou comparecer de segunda à sexta-feira no Centro de Educação Tecnológica Profissional (Cetep), situado à rua Alfredo Backer,363, Centro, das 9h às 17h.

Para incrementar ainda mais o ingresso dos alunos, foi realizado uma parceria com o Programa Saúde de Família com a finalidade de fortalecer o apoio extramuros e seguir o Plano Nacional de Educação. As estratégias serão voltadas para a realização de campanhas específicas com apoio da Secretaria de Saúde. O objetivo é que as ações sejam realizadas a partir do retorno das aulas, no dia 5 de fevereiro com a atuação da equipe da EJA e apoio da orientação educacional.

De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, a proposta é  que diante do atendimento da população nos postos, a equipe que atua na Estratégia de Saúde da Família (ESF), com atendimento nos postos e visitas domiciliares, identifiquem os que não tiveram a oportunidade de garantir a escolaridade. "A política educacional é o principal fator para acelerar o fim do analfabetismo. Espaços como postos, igrejas e entidades de classe são importantes parceiros", observou. Segundo registros o analfabetismo no município chega a 4%, número inferior à média nacional que é de 9%.

Guto Garcia, destacou que a EJA visa possibilitar a recuperação do tempo perdido nos estudos. "O sonho, antes perdido, de aprender a ler e a escrever, será acessível para muitos jovens e adultos, que não tiveram a chance de concluir a escolaridade no tempo indicado", explicou.

Educação de Jovens e Adultos - As escolas que oferecem EJA são: Ancyra Gonçalves Pimentel (Miramar), Maria Isabel Damasceno Simão (Centro), Wolfango Ferreira (Barra), Samuel Brust (Fronteira), Polivalente Anísio Teixeira (Costa do Sol), Claúdio Moacyr de Azevedo (Aeroporto), Olga Benário Prestes (Barreto), Paulo Freire (Lagomar), Oscar Cordeiro (Aeroporto), Ivete Santana Drumond de Aguiar (Frade), Pedro Adami (Córrego do Ouro ), Tarcísio Paes de Figueiredo (Bicuda Grande), Generino Teotônio de Luna (Virgem Sana), Elza Ibrahim (Ajuda) e Maria Letícia Santos Carvalho (Novo Cavaleiros).

 

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário