Macaé News
Cotação
RSS

Macaé ganhará Laboratório Interativo de Educação Matemática

Publicado em 28/12/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A iniciativa é fruto da parceria entre o Laboratório de Ensino de Geometria (LEG), da Universidade Federal Fluminense (UFF), e a Secretaria de Educação

A iniciativa é fruto da parceria entre o Laboratório de Ensino de Geometria (LEG), da Universidade Federal Fluminense (UFF), e a Secretaria de Educação

A implantação do Laboratório Interativo de Educação Matemática na rede municipal de ensino foi definida, nesta quinta-feira (28), durante reunião com equipe técnica, o secretário de Educação, Guto Garcia e a professora e doutora em Educação, Ana Maria Kaleff. A iniciativa é fruto da parceria entre o Laboratório de Ensino de Geometria (LEG), da Universidade Federal Fluminense (UFF), e a Secretaria de Educação, por meio do Centro de Formação Carolina Garcia.

O espaço vai funcionar no Centro de Formação e será direcionado à capacitação continuada dos profissionais da educação e para os estudantes do primeiro ao nono ano e Ensino Médio. No laboratório, os educadores vão obter informações sobre a utilização em sala de aula de materiais de baixo custo, que poderão ser manipulados por alunos e professores. A previsão é inaugurar a partir da volta às aulas.

O laboratório vai destacar o projeto "Vendo com as mãos", que é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (PROEX/UFF).  O objetivo é desenvolver recursos didáticos destinados a alunos com deficiência visual.

De acordo com o secretário de Educação, o laboratório é uma importante conquista para a educação e será adequado para atualização do corpo docente. "Os professores terão a oportunidade de trabalhar com a prática, o lúdico e unir a teoria à prática", ressaltou.

A proposta também é promover a inclusão de alunos com alguma deficiência em escolas regulares. Por isso, a maior parte das ações realizadas no laboratório terá como um dos focos preparar os profissionais para o ensino de pessoas com deficiência visual e, posteriormente, auditiva.

O laboratório terá a coordenação de Ana Maria Kaleff, reconhecida em todo país por ministrar cursos voltados para Matemática. Ela é doutora em Educação e coordenadora do Laboratório do Ensino de Geometria da Universidade Federal Fluminense (UFF). "No ambiente desse laboratório, visamos a melhoria do ensino da Matemática, principalmente da Geometria e uma melhor preparação do profissional", conceituou a especialista.

Alunos da rede são destaque na Olimpíada Brasileira de Matemática

Neste ano letivo, Macaé recebeu diversas ações voltadas para o ensino da Matemática. Um dos destaques foi a conquista de sete medalhas na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep): seis de bronze e uma de prata.

A educação de Macaé também faturou cerca de 30 medalhas de menção honrosa. A entrega da premiação será em 2018, em data que ainda será divulgada.

Além disso, em outra categoria de premiação, do total de 25 escolas públicas do país, o Colégio Municipal Sana é o único representante da região que será premiado em virtude do desempenho dos alunos. A unidade ganhará medalha e um kit pedagógico.

Já em comemoração ao mês nacional da Matemática, junho, a rede municipal promoveu uma formação continuada especial de Matemática, direcionada aos professores que atuam com alunos do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental. 

Para Vanessa Arenari, que será a coordenadora do laboratório, o espaço servirá para atualização do ensino da Matemática na Educação Básica e novos olhares dos alunos. "No mês de novembro a rede municipal recebeu o Museu Interativo Itinerante de Educac&807;a&771;o Matema&769;tica durante o Festival de Literatura e Cultura de Macaé (Flicmac). Com o tema &39;Vendo com as mãos, olhos e mente&39;, a exposição destacou recursos didáticos manipulativos para o emsino da Matemática com foco na inclusão", lembrou.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: