Macaé News
Cotação
RSS

Maria Isabel será Colégio de Aplicação de Ensino Fundamental 2 em 2019

Publicado em 28/12/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


O Colégio Municipal Maria Isabel Damasceno Simão, localizado no centro da cidade, irá se tornar Colégio de Aplicação (CAP) de Ensino Fundamental 2. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Educação, Guto Garcia, durante reuniões realizadas nesta terça-feira (26), no Colégio Maria Isabel Damasceno Simão (Centro) e na Escola Municipal Eda Moreira Daflon (Imbetiba). Participaram dos encontros pais e funcionários das duas unidades de ensino. Na pauta, a adequação dos espaços para o funcionamento das duas unidades, de forma temporária, no próximo ano letivo, utilizando o mesmo prédio do Maria Isabel.

“Temos um CAP de Ensino Médio. Agora, teremos uma outra unidade de CAP destinada ao Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano, que será o Colégio Maria Isabel, mantendo todas as duas direções e todas as equipes pedagógicas. O CAP Ensino Médio continuará no mesmo lugar, da mesma forma. Nada muda! O Maria Isabel se tornará um colégio de excelência, iniciando com quatro turmas do 6º ano. A nova formatação do Maria Isabel está prevista para 2019.

A Educação cria uma nova unidade de Colégio de Aplicação, só que de Ensino Fundamental 2. Já a adequação do funcionamento do Maria Isabel e do Eda Daflon para 2018 está sendo analisada por todos, de forma democrática, e, na quinta-feira (28), teremos a definição final. A princípio, a melhor solução, entre as analisadas, é que em 2018 o Eda Daflon e o Maria Isabel funcionem, provisoriamente, em regime de compartilhamento de espaço físico. Mas tudo está sendo analisado pelos gestores da Educação, direção das escolas, profissionais e pais", esclareceu o secretário Guto.

Ainda segundo o secretário, a licitação para a construção do novo Colégio Eda Daflon será em 2018, sendo esta uma unidade escolar padrão e situada no Lagomar, com funcionamento previsto para 2019. Essa realidade justifica o caráter provisório do Eda Daflon no Maria Isabel.

CAp é sucesso na educação de Macaé

Implantado há apenas sete anos, o Colégio de Aplicação de Macaé (CAp) já coleciona uma série de bons resultados, baseado nos dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em Macaé, é a primeira colocada entre as escolas da rede municipal, a segunda melhor escola pública, abaixo apenas do Instituto Federal Fluminense (IFF) e a quarta entre todas as escolas do município, incluindo a rede particular. No ranking nacional do Enem, o CAp está na colocação 1.105, em um universo de quase 15 mil escolas avaliadas.

O CAp repetiu ótimo desempenho no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, se destacando com média de 754,55 na prova de Redação. O resultado foi divulgado pelo Inep, onde o CAp está em primeiro lugar no ranking entre as escolas públicas do interior do estado.

Quando o resultado engloba colégios públicos e privados, o colégio aparece em quarto lugar, atrás de três particulares, outro resultado importante que coloca o CAp como o melhor da rede pública no Ensino Médio, em Macaé e região. 80% dos seus alunos são oriundos de escolas públicas.

O colégio tem 65% dos seus alunos aprovados no Enem anualmente. O resultado positivo reflete na grande procura para estudar no colégio e comprova a qualidade do ensino do Colégio de Aplicação e na rede pública de ensino de Macaé, que oferece educação integrada, da Educação Infantil à Superior. O último processo seletivo de admissão, realizado em outubro, atraiu recorde de alunos em busca de uma vaga, com 1.224 inscritos, 484 a mais que o processo anterior do CAp.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário