Macaé News
Cotação
RSS

Tite deverá ter 10 dias a mais do que Felipão para treinar o Brasil antes da Copa

Publicado em 02/12/2017 Editoria: Copa 2018 sem comentários Comente! Imprimir


aso a data de apresentação desejada pela comissão técnica da seleção brasileira para o início da preparação antes da Copa do Mundo seja confirmada, Tite terá 10 dias a mais do que Felipão teve em 2014, na véspera do Mundial em casa.

O sorteio da última sexta-feira colocou o Brasil no Grupo E, ao lado de Suíça, Costa Rica e Sérvia. A estreia será diante dos suíços, no dia 17 de junho. O coordenador Edu Gaspar reservou 21 de maio para que os jogadores cheguem à Granja Comary, em Teresópolis, no centro de treinamento da CBF.

Não serão todos. Aqueles que atuarem nos clubes finalistas da Liga dos Campeões só poderão se unir ao grupo no dia 28, provavelmente já na Europa. Mas o preparador Fábio Mahseredjian quer antecipar a apresentação para evitar um período muito longo de inatividade, entre o fim das ligas nacionais europeias e o início dos trabalhos com a Seleção.

Seriam 27 dias, contando a partir da apresentação até o último treino, no dia 16, véspera do primeiro jogo na Copa. Esse mesmo período, em 2014, teve apenas 17 dias. Os convocados de Luiz Felipe Scolari chegaram a Teresópolis no dia 26 de maio, e estrearam no dia 12 de junho, em São Paulo, diante da Croácia.

A logística atual reserva alguns inconvenientes a Tite. Em 2014, a Copa em casa deixou o Brasil do início ao fim em sua casa, com voos apenas domésticos para amistosos e jogos do torneio. A versão 2018 deverá fazer deslocamentos bem mais longos durante sua preparação.

Ainda não há confirmação de datas, mas a Seleção dividirá sua preparação em três etapas: a tendência é que sejam aproximadamente uma semana na Granja, duas em Londres, no CT do Tottenham, e a última já na Rússia, em Sochi, QG durante a Copa do Mundo.

Tite nunca teve tanto tempo assim para orientar a seleção brasileira. Em todas as oito vezes que se reuniu com o grupo, teve apenas nove dias de convívio com dois jogos disputados. Pouquíssimos treinos, portanto. A possibilidade de ter quase um mês para preparar a equipe da maneira que deseja fascina o treinador.

› FONTE: G1


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: