Macaé News
Cotação
RSS

Macaé participa de Olimpíada de Robótica em Curitiba

Publicado em 08/11/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A equipe do Colégio Municipal do Sana é a representante de Macaé na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A programação, que acontece até esta sexta-feira (10), recebe mais uma vez  uma equipe da rede municipal. A unidade da Região Serrana foi classificada para a etapa nacional, após faturar, no mês de setembro, a etapa estadual  da 11ª Olimpíada Brasileira de Robótica, no Rio de Janeiro. A etapa nacional da OBR é uma das programações científicas que mais se destacam no Brasil

Macaé é reconhecida como um dos municípios que mais cresce no Estado do Rio na área da robótica educacional. A conquista do primeiro lugar do Colégio Municipal Sana reconhece a equipe como uma das melhores de robótica do Estado do Rio de Janeiro.

A OBR ocorre desde 2006. Atualmente, é considerado o maior evento de robótica da América Latina e classifica equipes para a RoboCup, maior evento de robótica do mundo. No ano de 2016, contou com 120 mil participantes diretos de todos os estados brasileiros e mais de três mil equipes competindo na modalidade prática no país. A OBR é apoiada pelo Ministério da Educação, Ciência e Tecnologia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação e Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A delegação que foi para Curitiba também conta com os professores Rodrigo Caride (universitário do curso de Engenharia  Civil da UFRJ-Macaé) e Tiago Rangel (ex-aluno do Programa Inovareaprender). "O empenho do programa não apenas é evidenciado nas participações em torneios. Ficamos felizes em ver alunos e professores participando de oficinas e cada vez mais se interessando por novas formas de  aprendizagem", pontuam.

Segundo a idealizadora do Programa Inovaraprender e design educacional, Luemy Ávilla, a expectativa é das melhores. "Com a dedicação das equipes, universitários e profissionais que atuam no programa, estamos conseguindo  fomentar novas formas. A participação em torneios e olimpíadas é fruto de muita dedicação", conta.

Macaé - Macaé se destaca no Estado do Rio de Janeiro como um laboratório público de robótica que integra alunos das escolas municipais e universitários. O espaço, que faz parte do Programa inovareaprender, é reconhecido no país por atuar na gestão através da tecnologia e contribuir na formação dos estudantes. O labinovareaprender funciona com desenvolvimento de jogos, preparação de equipes, realização de torneios, prototipagem, movimento maker e incentivo à cultura de gambiarra.  O laboratório e a participação em olimpíadas e torneios  validam o  município como um dos  que mais cresce no estado do Rio na área da robótica educacional.

Recentemente reformado, o Labinovareaprender  recebe  estudantes de 11 escolas municipais. Eles se dividem em estações, que  integram diretamente 1.500 estudantes do 4º ano ao Ensino Médio  diretamente.

Mostra Nacional de Robótica - Nesta  edição de 2017, a OBR  vai integrar a  Mostra Nacional de Robótica (MNR), com jovens que participam ou não da olimpíada, que terão a oportunidade de apresentar os projetos de robótica, mecatrônica ou automação. Os representantes de Macaé serão os estudantes do Colégio Municipal Natálio Salvador Antunes, que vão apresentar o projeto sobre o assunto. "Bombeamento inteligente e sustentabilidade". Conduzidos pela professora Regina Junqueira, os estudantes vão destacar a temática sobre bombeamento inteligente. Esta é a segunda vez que a escola faz parte da MNR.

Animado com a viagem, o aluno Ramon Rodrigues, afirma que a ida para Curitiba é a prova de muita luta. "A robótica nos fez ter um novo olhar quanto à educação. Estamos felizes por conseguirmos ir para a Mostra em Curitiba", afirma.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: