Macaé News
Cotação
RSS

Vereador repudia nomeações de secretários em Maricá e Macaé

Publicado em 14/10/2017 Editoria: Política 1 comentário Comente! Imprimir


Vereador de oposição em Maricá disparou: ” – Não podemos deixar nossa cidade nas mãos de filhos de políticos sem experiência e de condenados por crimes políticos, envolvidos em escândalos de corrupção.”

Na última sessão da câmara (11), o vereador Filippe Poubel (DEM) foi a tribuna e criticou duramente a nomeação dos secretários Diego Zeidan e Igor Sardinha, para as pastas Economia Solidária e Industria Portuária, respectivamente. Poubel iniciou seu discurso de maneira inusitada pedindo 1 minuto de silêncio.

– “Hoje gostaria de fazer um minuto de silêncio antes de iniciar meu discurso. Um minuto de silêncio em memória da ética, um minuto de silêncio em memória da transparência, um minuto de silêncio em memória da moralidade, porque hoje vejo que estes valores na política do nosso município estão sepultados e enterrados!”, afirma Poubel.

– “Todos nós sabemos que este rapaz é filho do ex-prefeito da cidade e presidente estadual do PT, o Washington Quaquá, e filho da deputada estadual também do PT, a Rosângela Zeidan, e ao que me parece, o que credenciou esse rapaz para ocupar essa secretaria foi justamente a sua filiação! Ele não possui qualquer experiência profissional na vida pública, acredito até que nunca tenha sequer trabalhado na vida, não possui também a competência necessária para a ocupação do cargo, pois vejam vocês, ele acabou de sair do colegial. Diante do exposto, posso concluir que o que credenciou esse garoto para ocupar esse cargo de tamanha relevância em nosso município é nada mais, nada menos que a sua filiação”, dispara Poubel.

Poubel afirma que a população em massa repudiou essa atitude do Prefeito Fabiano Horta (PT) em nomear o filho do seu mentor político, haja vista a grande repercussão e manifestação da população em sua rede social, quando em uma postagem ele repudiou o fato.

Outra nomeação que causou muita indignação ao vereador foi a do ex-vereador de Macaé, e candidato derrotado para prefeitura de Macaé nas ultimas eleições, o agora secretário de Indústria e Portuária Igor Sardinha. Segundo Poubel, Igor Sardinha teria sido condenado pela justiça por crime eleitoral de compras de voto. Além da condenação, Igor Sardinha é investigado por participar de um esquema milionário envolvendo desapropriação de terras em Macaé, cidade onde foi vereador e candidato a prefeito.

– “Sobre a nomeação de Igor Sardinha para ocupar a secretaria de Industria e Portuária eu não vou nem questionar a sua competência e sua experiência profissional, uma vez que esse cidadão não preenche o principal requisito para ocupar um cargo público de tamanha relevância, o de moral ilibada! Esse cidadão acabou de ser condenado pela justiça por compra de votos, e está envolvido em um escândalo milionário de desapropriação de terras em Macaé. Na época, ele comprou um terreno no valor de R$ 15 mil reais e tempos depois, a prefeitura de Macaé desapropriou esse terreno pela bagatela de R$ 3,8 milhões de reais. Nesse ano, a prefeitura de Macaé gastou mais de R$ 70 milhões de reais com desapropriação de terrenos, e na grande maioria das vezes, políticos da região foram beneficiados, assim como foi Igor Sardinha”, afirma Poubel.

-“Finalizo meu discurso pedindo que se o prefeito Fabiano Horta possui mesmo autonomia para governar, que volte atrás dessas decisões, uma vez que a população maricaense em massa reprovou esses nomes. Em um lugar onde quem governa o povo, esse povo precisa ser ouvido e atendido!”, finaliza Poubel.

› FONTE: Maricá Info


1 comentário

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: