Macaé News
Cotação
RSS

Angelina Jolie denuncia abusos sexuais de Harvey Weinstein

Publicado em 11/10/2017 Editoria: Mundo sem comentários Comente! Imprimir


Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow disseram que também foram assediadas pelo produtor Harvey Weinstein ao The New York Times, dias depois da publicação revelar que ele fez pelo menos oito acordos não divulgados com mulheres envolvendo "assédio sexual e contato físico indesejado".

Paltrow contou que foi assediada por Weinstein aos 22 anos, quando foi contratada para fazer o filme Emma. Antes das filmagens, ela foi chamada ao quarto de hotel do produtor e alegou que ele colocou a mão nela e sugeriu que eles fossem ao quarto para fazer massagens.

A atriz reportou o acontecido ao seu namorado na época, Brad Pitt, que teria confrontado o produtor. "Eu achei que ele fosse me demitir", disse. Paltrow voltaria a trabalhar com Weinstein em Shakespeare Apaixonado, pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz, e falou que ele alternava em relação a ela atitudes "generosas, apoiadoras e de defesa", com "bullying e punição".

Já Angelina Jolie disse que foi assediada em um quarto de hotel durante o lançamento do filme Corações Apaixonados, em 1998. "Eu tive uma experiência ruim com Harvey Weinstein na minha juventude, e como resultado, escolhi nunca trabalhar com ele de novo e avisar a outras pessoas disso. Esse comportamento contra mulheres em qualquer área e em qualquer país é inaceitável", disparou.

› FONTE: band


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: