Macaé News
Cotação
RSS

eSocial: Câmara sedia curso de sistema que será obrigatório em 2018

Publicado em 10/10/2017 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O eSocial é um sistema informatizado da administração pública que vai unificar o envio de dados trabalhistas, fiscais e previdenciários

O eSocial é um sistema informatizado da administração pública que vai unificar o envio de dados trabalhistas, fiscais e previdenciários

Aconteceu, nesta segunda-feira (9), o seminário “Princípios para a implantação do eSocial”, na Câmara de Macaé. Participaram mais de 80 servidores do Legislativo e Executivo da cidade, e ainda de Campos, Conceição de Macabu, Silva Jardim, Laje de Muriaé, Rio das Ostras e Cabo Frio. O curso foi oferecido em parceria com a Escola de Legislativo do Estado do Rio de Janeiro (Elerj).

O eSocial é um sistema informatizado da administração pública que vai unificar o envio de dados trabalhistas, fiscais e previdenciários para o governo federal e será obrigatório a partir de julho de 2018. “O seminário é mais um importante passo que damos no sentido de aperfeiçoar os nossos funcionários e melhorar o serviço prestado ao município”, disse o presidente Eduardo Cardoso (PPS).

“Este curso também integra a programação da Escola do Legislativo macaense, que visa fazer da Câmara uma referência na região para a capacitação em gestão pública, em parceria também com instituições como UFRJ, Uerj e FGV”, acrescentou o diretor-geral Gabriel Peçanha.

O evento foi coordenado por César Gama, diretor pedagógico da Elerj, e pelo professor da Elerj e da Unigranrio, Eduardo Costa. “A unificação do envio de dados vai possibilitar maior controle, fiscalização e arrecadação. A implantação do eSocial vai exigir grande esforço dos servidores e instituições”, disse Costa. Segundo ele, 80% dos municípios do Rio de Janeiro ainda não têm um plano para implantação do eSocial.

“Eu tinha informações sobre o sistema, mas no seminário tomei ciência de maiores detalhes, que vão ajudar na elaboração da nova folha de pagamento que estamos em fase de implantação”, afirmou a servidora da secretaria de Administração de Rio das Ostas, Idelanir Machado.

Para o diretor de Contabilidade da Câmara, Aristófanis Quirino dos Santos, o aprendizado é fundamental para os servidores que coordenarão os processos nas instituições. “Estamos diante de uma grande mudança por parte do Governo Federal”, concluiu.

› FONTE: Ascom CMM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: