Macaé News
Cotação
RSS

Alunos visitam Parque Municipal da Restinga do Barreto

Publicado em 13/09/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Escolas públicas e particulares interessadas podem agendar visitas

Escolas públicas e particulares interessadas podem agendar visitas

Trinta e um alunos do quarto ano da Escola Municipal Sandra de Araújo, do Sol y Mar, visitaram, nesta terça-feira (12), o Parque Natural Municipal da Restinga do Barreto. Acompanhados do Secretário de Educação, Guto Garcia, o grupo foi recebido pelo chefe do parque, o biólogo Henrique Charles e agentes da guarda ambiental.

Em média, quatro escolas da rede visitam, semanalmente, o parque, que fica localizado em frente ao Supermercado Atacadão, no Barreto. As visitas contribuem para as práticas pedagógicas dos conteúdos da disciplina de Ciências.

Escolas públicas e particulares interessadas podem agendar visitas por meio do e-mail parquebarreto.sema@gmail.com. Os encontros são realizados durante duas horas, das 9h às 11h ou das 14h às 16h. Na aula, todos são convidados a coletar conchas e receber explicações sobre a sua importância.

"A gente pensa que tudo é mato quando olhamos de longe", observou a aluna Alana Carvalho, de 10 anos. Já para Bruna Braga, de 17 anos, encontrar uma arara e um papagaio resgatados pela guarda ambiental e bem cuidados no parque foi uma grande surpresa.

"Toda alternativa de levar a teoria dos livros para a prática é uma excelente ferramenta, tanto para os alunos como para nós, professores", disse Guto Garcia.

Nesta terça, os alunos fizeram uma pequena trilha e observaram bromélias, cactos, ramas e conchas. Em seguida, lancharam e seguiram para uma sequência de atividades esportivas na areia da restinga. "Aqui eles correm e brincam, se sentindo parte do meio ambiente. Estamos trabalhando as plantas e iremos explorar os conhecimentos adquiridos na visita em sala de aula", disse a professora da turma, Sâmela Carvalho, acompanhada das colegas Fátima Celito e Neide Siqueira, que também auxiliaram os alunos.

O aluno Fernando Teotônio, de 10 anos, declarou ser este o melhor passeio escolar da sua vida. "A gente passa por aqui e não imagina o que tem", disse. As visitas no parque funcionam em parceria entre as secretarias de Ambiente, Educação e Ordem Pública.

O biólogo Henrique Charles explicou que o objetivo das visitas é a conscientização. "As pessoas degradam porque desconhecem a importância. O meio ambiente de Macaé é muito rico e essa valorização só irá existir se as pessoas entenderem e conhecerem. As crianças são os nossos agentes transformadores nessa missão", avaliou.

Parque preserva restinga da praia
Criado através do decreto de número 139/2016, o parque tem como objetivo preservar o ecossistema natural remanescente da restinga da praia, preservar e recuperar a cobertura vegetal nativa, visando à restauração da diversidade do ecossistema natural. Outros objetivos são garantir a preservação de espécies endêmicas, raras ou ameaçadas de extinção da fauna e flora, regular o uso admissível da área, possibilitar visitação pública, realização de pesquisas científicas e desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Restinga

A restinga do Barreto é um ecossistema costeiro caracterizado por um terreno arenoso, criado pela sedimentação de rios e depósitos marítimos ao longo dos milhares de anos, com forte influência do vento, do sal, do sol e das mudanças das marés. A área possui vegetação típica, com plantas muito resistentes às variações de temperatura e aridez do solo (como os cactos, as bromélias e as pitangas). Esta vegetação, capaz de preservar as dunas, é fundamental para conter o avanço do mar e preservar a exuberante fauna local.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: