Macaé News
Cotação
RSS

Prefeitura de Macaé investe na qualidade da merenda escolar

Publicado em 31/08/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Hoje, Macaé oferece diariamente café da manhã (desjejum), almoço, lanche da tarde e jantar para os estudantes do turno da noite

Hoje, Macaé oferece diariamente café da manhã (desjejum), almoço, lanche da tarde e jantar para os estudantes do turno da noite

Em Macaé, priorizar a inclusão de alimentos frescos e saudáveis na merenda escolar é uma das prioridades da rede municipal, que segue a determinação da Lei 11.947/2009, que prevê a aplicação de 30% dos recursos da merenda escolar, provenientes do Governo Federal, na compra de produtos da agricultura familiar.

De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, o pescado vai entrar com grande força no cardápio dos estudantes. "Vamos comprar diretamente dos pescadores todo o pescado. A meta é reforçar a alimentação saudável", explica.

Hoje, Macaé oferece diariamente café da manhã (desjejum), almoço, lanche da tarde e jantar para os estudantes do turno da noite. O cardápio é diferenciado para alunos que apresentam diabetes e tenham intolerância à lactose e ao glúten. Macaé cumpre a determinação do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Produtores da região serrana fornecem alimentos
O trabalho conta com a atuação de cerca de 70 produtores da região serrana (Sana, Frade, Trapiche, Córrego do Ouro, Serra da Cruz), Assentamento Celso Daniel e cooperativas da região.

Legumes, verduras e frutas fazem parte do cardápio diário das 106 escolas. Os 68 alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Olímpia Ribeiro dos Santos Machado (Cajueiros) fazem parte deste grupo.

Esther Barbosa, de cinco anos, é uma das estudantes mais animadas. Acompanhada pelos amigos Luiza Pontes e Yan da Silva, ela faz questão de comer toda a merenda e apontar os alimentos que mais aprecia. "Gosto muito de feijão, arroz, franguinho e salada. A fruta também é deliciosa. É muito bom comer para a gente crescer forte", conta.

Concurso incentiva preparação da merenda
Para incentivar a melhor preparação da merenda escolar, a equipe de merendeiras da rede está participando do concurso sobre o melhor prato. A programação, desenvolvida pela empresa fornecedora de merenda, está movimentando as cozinhas das escolas. Serão avaliadas as receitas mais caprichadas (modo de preparo e apresentação) com enfoque para merendas saudáveis e saborosas que contribuam com a formação de hábitos alimentares.

Ao preparar e usar técnicas de empratamento - preparação dos pratos com apresentação dos ingredientes -, as merendeiras fotografam as refeições e encaminham para a empresa. No dia 4 de setembro haverá a seleção do melhor prato. A previsão é que a merendeira e a melhor escola recebam certificados. A rede municipal promove formação que aborda cuidados com preparo, manuseio e porções adequadas para cada modalidade de ensino.

As merendeiras Cristiane Souza e Maria da Silva fazem questão de utilizar regras básicas de empratamento. Para Cláudia Vicarone (diretora geral) e Rosangela Oliveira (adjunta), a preparação dos alimentos na escola sempre foi um fator positivo. "Contamos com o comprometimento da equipe e ficamos felizes em ver alunos cada vez mais animados", pontuam.

Todos os gêneros são avaliados, pesados e separados para atender alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio da área central, bairros e região serrana. O trabalho é uma ação integrada das secretarias de Educação e Agroeconomia.

Aceitabilidade - A aprovação dos produtos que podem fazer parte da merenda escolar também passa pela avaliação dos alunos. Estudantes da Educação Infantil e Ensino Fundamental opinam quanto à qualidade da merenda. Nesta semana, alunos do primeiro ao quinto ano das escolas municipais Joffre Frossard (Aroeira) e Coquinho (Praia Campista) aprovaram o mingau de milho. O produto recebeu 90% de votação e será inserido na alimentação em setembro.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: