Macaé News
Cotação
RSS

Macaé Basquete oficializa sua saída do NBB

Publicado em 30/08/2017 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


A equipe vai disputar a Liga Ouro em 2018

A equipe vai disputar a Liga Ouro em 2018

O Macaé Basquete confirmou nessa terça-feira (29) sua saída do NBB. A decisão foi oficializada durante a reunião do Conselho de Administração da LNB, que ocorreu em São Paulo. Com isso, o time treinado pelo técnico Leo Costa vai disputar a Liga Ouro de 2018.

Durante meses na busca para repor a perda de seu principal patrocinador, a equipe norte-fluminense trabalhou de forma incansável na busca de novos patrocinadores que pudessem viabilizar sua continuidade na elite do basquete nacional.

O time chegou ao NBB na temporada 2013/2014 através da Supercopa Brasil, divisão de acesso da época. Em duas oportunidades, o Macaé chegou aos playoffs – nas temporadas 2014/2015 e 2016/2017. Na primeira, chegou às quartas-de-final ao eliminar o Minas Tênis Clube nas oitavas.

“Foi muito bonito ver a mobilização da cidade, da torcida, dos empresários, em tentar conseguir manter a equipe na elite do basquete. Infelizmente, faltou pouco. Mas é graças a essas novas parcerias e a permanência de alguns patrocinadores que temos a certeza de que o projeto seguirá firme e já estamos preparados para seguir na próxima Liga Ouro”, disse Leo Costa.

A procura por novos patrocinadores continua para a estruturação do time que vai disputar a competição. Os torcedores podem ajudar ao se associarem ao programa de sócio torcedor “Eu sou torcedor” através do site www.macaebasquete.eusoutorcedor.com.br.

Manutenção dos projetos sociais

Outro objetivo do Macaé Basquete é o de manter os projetos sociais, que são de grande importância para os jovens da cidade, possibilitando que estes aperfeiçoem aspectos físicos e mentais, como também uma forma de integração social.

Os projetos desenvolvidos pelo Macaé Basquete são o Basquete Sobre Rodas, que conta com 20 atletas, o Basquete na Praça, que atende 250 crianças e adolescentes de 8 a 16 anos, e suas categorias de base, com 70 atletas.

“É nítido que o time de Macaé tratou tudo com muita responsabilidade em relação ao futuro do projeto. Mais do que jogar o NBB CAIXA, eles se preocuparam em manter firme o projeto social, as categorias de base e, claro, a manutenção da equipe para a disputa da Liga Ouro. Tenho certeza que essa ação é o que vai permitir com que eles possam se reestruturar para voltar ao NBB CAIXA mais forte”, declarou João Fernando Rossi, presidente da LNB.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: