Macaé News
Cotação
RSS

ANP: retomada dos campos maduros pode movimentar R$ 26 bi

Publicado em 29/08/2017 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Vinte mil empregos e investimentos de R$ 26 bilhões. Essa é a expectativa de resultado com a revitalização de campos maduros defendida pelo prefeito de Macaé, Dr. Aluizio e endossada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que pode dar novo fôlego ao setor. A estimativa dos R$ 26 bi é projetada pela própria ANP ao avaliar cada 1% a mais no chamado fator de recuperação — que afere quanto é possível extrair do campo antigo, em declínio natural.

Os municípios e a ANP querem investimento a curto prazo. Para isso são usadas tecnologias de ponta nos campos maduros, cuja exploração extra pode resultar em um aumento de produção de 1 bilhão de barris de óleo. "A nova fase do mercado do petróleo surge através do desenvolvimento de novos projetos para a Bacia de Campos", pontua o prefeito Dr. Aluizio, que prospera 20 mil empregos para a região.

O governo municipal, que prioriza apoio na área de energia, está otimista quanto à recuperação dos campos maduros. "A Bacia de Campos está pronta. A capacidade produtiva já instalada no mar e a infraestrutura de serviços e logística fazem da região Norte Fluminense protagonista na retomada do mercado", comenta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Gustavo Wagner.

A revitalização também gera mais royalties, estimados em R$ 16 bilhões, ao longo dos anos, para os beneficiados, o que pode puxar a receita pra cima após forte queda na arrecadação causada também pelo recuo no preço do barril do petróleo.

A publicação da regulamentação da resolução que tratará, dentre outros aspectos, da redução dos royalties para a produção que for obtida com a revitalização de campos maduros, reforça o iminente crescimento da área de petróleo e gás. O objetivo da ANP é antecipar essa publicação até dezembro para estimular investimentos de petroleiras na retomada dos campos maduros.

A resolução prevê uma redução no pagamento de royalties, que passariam de 10% para até 5% sobre o volume de petróleo adicional produzido como resultado dos investimentos em recuperação da produção. A medida vai ao encontro da campanha "Menos royalties, mais empregos" da Prefeitura de Macaé, que visa, com os investimentos, aumentar as oportunidades de trabalho no município.

Rodada de licitação será realizada em setembro

Marcada para 27 de setembro, a 14ª Rodada de Licitações de Blocos para Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural, sob regime de concessão, vai injetar mais ânimo no setor. A Comissão Especial de Licitações (CEL) da ANP anunciou que 32 empresas foram aprovadas para participar. Elas cumpriram todos os requisitos previstos no edital e estão aptas a participar da rodada. As interessadas em apresentar oferta por meio de consórcio também tiveram que fazer inscrição individual.

- A retomada do calendário de leilões é a sinalização do reaquecimento do mercado, uma vez que as atividades de estudo, prospecção e desenvolvimento são as maiores demandantes para a cadeia de fornecimento - reforça o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Gustavo Wagner.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: