Macaé News
Cotação
RSS

Vacinação contra HPV segue até sexta-feira

Publicado em 24/08/2017 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Segue até esta sexta-feira (25) a vacinação contra HPV no Teatro Municipal de Macaé, das 9h às 16h. Nesta quinta-feira (24) e na sexta-feira (25) serão disponibilizadas 130 doses por dia. A prefeitura já solicitou a vinda de novo lote da vacina pelo Governo do Estado.

A imunização é direcionada para pessoas dos sexos masculino e feminino na faixa etária de 15 a 26 e é feita pela Secretaria de Saúde, em parceria com a Escola Técnica José Rodrigues da Silva e apoio da Secretaria de Cultura.

Até esta quarta-feira (23) foram disponibilizadas 1.420 doses da vacina. O público que percorrer o Teatro Municipal também recebe serviço de aferição de pressão. Além desta faixa etária, meninas de nove a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos continuam sendo vacinados.

Nesta quarta-feira (23), um grupo de estudantes do Colégio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão (Centro) resolveu se vacinar. Entre eles estavam Anderson Fourny e Vanessa Damasceno, ambos de 15 anos. "É importante cuidar da nossa saúde. Temos que nos vacinar mesmo. Vou falar com meus colegas", comentou Anderson.

Quarenta alunos-estagiários da Escola Técnica José Rodrigues da Silva fornecem orientações na Praça Veríssimo de Mello e no calçadão, nas proximidades da Sociedade Musical Nova Aurora. O objetivo é a prevenção contra o câncer de colo de útero, quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil.

A doença é fator de risco nas mulheres para câncer de colo de útero, vulva, ânus, boca, faringe, além de verrugas genitais e outras infecções. No caso dos homens, a vacina tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus. Ele é altamente contagioso e a sua transmissão acontece, principalmente, pelo contato sexual. O município já aplicou cerca de 1,8 mil vacinas desde o início da campanha, em junho.

A recomendação da Gerência da Vigilância em Saúde, para o novo grupo de 15 a 26 anos, é que o esquema vacinal conte com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses. Para quem a vacina já era indicada, a recomendação são duas doses, com seis meses de intervalo.
O ideal é que a pessoa fique imune antes de iniciar sua atividade sexual, porém, como ainda há doses em estoque, o município resolveu ampliar o público-alvo. Outras informações pelo telefone da Casa da Vacina: (22) 2796 1622.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: