Macaé News
Cotação
RSS

Mês do estudante: Escolas participam do Literarte e conhecem prédios históricos

Publicado em 12/08/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


No mês em que se comemora o dia do Estudante, em que a data se comemora nesta sexta-feira (11), alunos da rede municipal seguem participando do Literarte, programação cultural que acontece nos espaços escolares.A atividade que será realizada oficialmente  de quarta-feira (16) a sexta-feira (18) nas escolas municipais faz parte do calendário letivo.  O "Literarte"  contará com exposições de trabalhos produzidos  pelas escolas municipais.  O tema do " Literarte" deste ano é " Sobre o lugar onde vivemos".  No decorrer da programação, pais, alunos do ensino municipal e visitantes, terão a oportunidade  de apreciar apresentações como seja como dança e teatro, coral, jograis e trabalhos artísticos e gêneros textuais produzidos pelos alunos nas salas de aula.

Neste sábado (12) a programação vai acontecer nas escolas  Maria Letícia Santos Carvalho, Leonel de Moura Brizola e Neusa Goulart. Já nos dias 17 e 18 será a vez das unidades Ana Benedicta da Silva Santos. No dia  17 na Escola Onilda Maria da Costa e  18 haverá na Escola Municipal de Educação Infantil Lia Koop Franco. Seguindo no dia 19 na Escola  Municipal Maria Angélica de Oliveira das Dores.O Colégio Municipal Pedro Adami o projeto vai acontecer no dia  30.

A Escola Municipal Sônia Regina de Souza Lapa ( Ajuda de Baixo) está realizando a programação especial desde a última segunda-feira (7).

Para contribuir com o processo de ensino e enfatizar a temática do Literarte, os 329 alunos da escola estão envolvidos em passeios  em prédios históricos e monumentos  como Mercado de Peixes, praça Veríssimo de Mello, Igreja de Sant Anna, Solar dos Mellos, Forte Marechal Hermes, praça da  Imbetiba,  Sociedade Musical Lira dos Conspiradores, Sociedade Nova Aurora.

O   Instituto Nossa Senhora da Glória foi um dos pontos visitados.  Na oportunidade, as turmas conheceram o prédio antigo (Bloco A), que um dia fez parte da residência do Visconde de Araújo, proprietário do solar onde funciona o Colégio desde julho de 1963. Além disso, professores e estudantes fizeram uma visita guiada pelos demais blocos e instalações da instituição.

De acordo com a diretora adjunta  Tainá Seixas, o " Literarte" é se destaca pela importância no processo de ensino. " A cultura contribui  com a descoberta de talentos e desenvolvimento de potencialidades", comenta. Já a professora do 3º ano Regina da Silva pontuou que a partir das informações que os alunos colheram no Castelo faremos uma produção artística, recriando o colégio  e seu entorno. "A intenção é  apresentar para toda escola, na culminância do "Literarte" , explicou.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: