Macaé News
Cotação
RSS

Salão Cycle Road é uma das apostas do Ostrascycle 2014

Publicado em 21/03/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Michelle Neto/RJNEWS

Michelle Neto/RJNEWS

» Espaço vai reunir grandes montadoras e revendedoras de motocicletas
 
A partir da próxima quinta-feira, dia 27, o cenário de Rio das Ostras vai mudar. É nessa data que a cidade começa a receber os turistas e motociclistas que participarão da 19ª edição do Ostrascycle – Encontro Internacional de Motociclistas. O evento, que no ano passado reuniu cerca de 640 motoclubes, este ano, pretende atrair ainda mais pessoas, que deverão ultrapassar a marca da movimentação financeira de 2013 que foi de R$ 5,9 milhões. Toda a organização e concepção do evento, contou com uma participação dos motoclubes Jaguar do Asfalto, Ostradeiros e secretaria municipal de Turismo.
 
Para conseguir agradar ao público, foram propostas algumas mudanças. Uma delas será a instalação do Salão Cycle Road. O espaço vai ficar dentro da Área de Eventos de Costazul e terá 1.800 m². Nele, estarão algumas das mais importantes montadoras e revendedoras de motocicletas. “Há algum tempo já tínhamos a vontade de fazer isso. Este ano, é uma de nossas apostas”, disse a subsecretária de Turismo, Valéria Pinheiro. Estão confirmadas marcas como Honda, Yamaha, Mafra, Traxx Motos, Maverick Motos, entre outras. “Esperamos que essa ideia cresça para os próximos anos”, completou. Para decorar este salão serão utilizadas as motos do Museu de Motos Antigas de Macaé, que sempre foram uma das atrações nas edições anteriores.
 
Além disso, dois palcos serão montados para a apresentação dos aproximadamente cem músicos, das 23 bandas. Um dentro da Área de Eventos, outro na avenida Roberto Silveira. Os palcos serão cenários para artistas locais e para outros já conhecidos como é o caso de Jorge Israel, integrante do Kid Abelha, que vem a cidade com o seu projeto de rock n’ roll em homenagem aos Rolling Stones. Já confirmados na programação estão a banda Hanói-Hanói e Vitor Beglione. As apresentações musicais acontecem de quinta a domingo, sempre às 20h.
 
De acordo com Valéria Pinheiro, o Ostrascycle já chegou a ser o terceiro do Brasil nesta categoria e, desde o ano passado, esforços são feitos para que ele volte a ocupar esta posição. “Este evento apresenta um bom impacto econômico para a cidade. Geralmente, a taxa de ocupação chega a 100% e, além disso, esse turista utiliza os serviços nos restaurantes, postos de gasolina, oficinas, entre outros estabelecimentos”. Distribuídos por toda a avenida Roberto Silveira estão os estandes de comercialização dos mais variados produtos relacionados ao segmento.
 
Nesta edição, o público vai ver ainda os motociclistas da Associação dos Batedores do Estado do Rio de Janeiro (ABERJ). “Em 2014, vamos organizar ainda mais a estrutura, principalmente, ao longo da avenida. Uma das mudanças será o aumento da área onde é feita o cadastramento dos participantes”, disse a subsecretária. A previsão, segundo ela, é que a cidade receba aproximadamente 15% a mais de motoclubes. Os motoristas devem ficar atentos porque neste ano a avenida Roberto Silveira será fechada parcialmente para montagem das barracas na próxima terça- -feira, dia 24, e totalmente a partir do dia 26. A secretaria de Turismo informou que os moradores e donos de pousadas próximos já foram avisados por meio de cartas. Os que tiverem direito vão ganhar o cartão de “trânsito livre” para facilitar o deslocamento.
 
Na próxima quinta-feira, dia 27, se apresentam a partir das 19h, as bandas a PDA e Dona Opala, além do músico, Greg Wilson. Às 20h, acontece a apresentação do Globo da Morte.
 
 
PROGRAMAÇÃO ESPORTIVA
A exemplo do que foi feito no ano passado, as atrações esportivas continuarão dentro da programação. Em 2014, terá uma etapa do Desafio Latino Americano de Moto e Bike Trial. Entre os pilotos presentes estarão Cris Santos, Diego Magno, Valter Fernandes e Thiago Vermelho. Eles terão que ultrapassar trilhas cheias de obstáculos, morros, manilhas e ainda por cima fazer manobras. Não foi deixado de fora, umas das grandes atrações: o globo da morte, que nesta edição contará com três motociclistas e um ciclista. As atividades esportivas serão sempre realizadas entre as 17h e 18h.
 
PESQUISADe acordo com a pesquisa de impacto econômico, realizada no ano passado pela Secretaria de Turismo, a maior parte dos participantes vieram das cidades do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e de alguns de países da América do Sul como Argentina e Chile. Os documentos mostram que apesar de achar o encontro bem organizado e com boas atrações, eles reclamaram da grande quantidade de chuva que caiu na 18ª edição.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário