Macaé News
Cotação
RSS

Estação de Tratamento de Esgoto é inaugurada em Casimiro

Publicado em 21/03/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Vitor Nantes

Vitor Nantes

Unidade trata aproximadamente 50% de todo o resíduo produzido na sede da cidade
 
Inicialmente, cerca de nove mil moradores de Casimiro de Abreu foram beneficiados com a inauguração do primeiro módulo da Estação de Tratamento de Esgoto do município. A unidade, que foi inaugurada no dia 20, trata aproximadamente 50% de todo o resíduo produzido na sede da cidade. Com investimento total de R$ 32 milhões, também já estão em andamento a segunda e terceira fase da obra. A previsão é que estas entrem em operação dentro de um ano.
 
De acordo com o prefeito Antonio Marcos, após os outros dois módulos prontos, o tratamento de esgoto atingirá 100% da sede. O prefeito destacou a importância de se ter uma cidade com o esgoto tratado e que essa é uma conquista inédita para o município e para a população. “Essa estação de tratamento de esgoto representa mais saúde, preservação do meio ambiente e qualidade de vida para todos. Vamos continuar nos empenhando para que outras obras dessa grandeza sejam realizadas em Casimiro, visto que nossa meta é trabalhar cada vez mais para atender melhor os munícipes”, frisa.
 
Segundo informações, depois da finalização dos três módulos da ETE, cerca de 22,5 mil moradores passarão a ter esgoto tratado. O presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), responsável pela operação da Estação, Eliezer Crispim, afirma que dos 40 quilômetros de extensão da rede existentes na cidade, 75% passam a operar plenamente a partir de agora, com capacidade de tratamento de 90 metros cúbicos por hora. “Com a implantação dessa estação a água pluvial vai direto para o rio e o esgoto encaminhado para a ETE, onde será tratado adequadamente e só então será despejado no rio, já sem nenhuma poluição”, explica Crispim.
 
Ainda de acordo com o secretário de Obras e Serviços Públicos, Luiz Augusto Peres, os demais distritos também serão contemplados por um novo projeto que está sendo elaborado por técnicos da Secretaria Municipal de Obras e pelo SAAE de Casimiro de Abreu. Ele pontua que o novo sistema permitirá que os moradores economizem recursos próprios, pois até então, cada residência e edificação é responsável pelo tratamento.
 
Já em relação aos benefícios de uma estação de tratamento de esgoto, o secretário de Saúde, Armando de Nijs, destaca que são inúmeros, inclusive para a saúde e o meio ambiente. “O tratamento da água e do esgoto influenciam diretamente nas condições de saúde dos moradores, evitando a disseminação de doenças infectocontagiosas. É a medicina preventiva em ação”, comenta o secretário. Para completar o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Maurício Porto, lembra que o esgoto doméstico sem tratamento é a maior fonte de poluição dos rios e córregos, especialmente, aqueles que cortam as áreas urbanas. “Com a ETE vamos promover melhor qualidade de vida à população e possibilitar a renaturalização dos rios e córregos que cortam o município”, acrescenta. 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário