Macaé News
Cotação
RSS

Setur-RJ/TurisRio atende artesãos de duas regiões turísticas do Estado

Publicado em 29/07/2017 Editoria: Turismo sem comentários Comente! Imprimir


Cento e quarenta e um artesãos foram cadastrados pelo Governo do Estado em dois dias de ação

Esta semana foi movimentada para o artesanato fluminense. O Programa de Artesanato Estadual, coordenado pela Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro/TurisRio, esteve nessa terça e quarta-feira (25 e 26) em Mangaratiba e Três Rios, respectivamente, cadastrando  os artesãos locais. Mesmo sendo consideradas cidades pequenas, elas surpreenderam pela grande procura dos artífices. Setenta e seis profissionais foram cadastrados em Mangaratiba, na região turística Costa Verde, e sessenta e cinco em Três Rios, nos Caminhos Coloniais.

Os cadastros, que são realizados em parceria com as prefeituras, tiveram na abertura a apresentação das atividades e benefícios do Programa através de uma palestra da subsecretária adjunta de Turismo e coordenadora da ação, Nea Mariozz.

- Até o momento 35 municípios receberam a nossa ação. Um terço do Estado foi atendido e já podemos constatar que o artesanato fluminense é rico e diversificado. Vamos percorrer os 92 municípios fluminenses com o objetivo de mostrar a força da atividade como fomentadora da economia regional - destacou Nea.

O processo de cadastro do Estado do Rio é diferenciado, sendo dividido em quatro etapas: dados pessoais e socioeconômicos, comprovação técnica e registro fotográfico. A finalidade é traçar o perfil do artesão fluminense. Nilo Sergio Felix, secretário de estado de Turismo do Rio de Janeiro, reafirma o interlace entre o turismo e o artesanato.

- O artesanato está diretamente ligado à função turística e isso gera desenvolvimento econômico local. Cada uma das regiões turísticas do Estado têm características ímpares e os trabalhos produzidos comprovam isso ao apresentarem um pouco da cultura dos municípios.  Após o diagnóstico do cadastramento, podemos trabalhar da melhor forma para o crescimento do setor turístico e, consequentemente do artesanato, que é um dos produtos atrativos ao turista - destacou o secretário.

Fechando o mês de junho a equipe técnica do Programa estará de volta a Cabo Frio para cadastrar os profissionais da cidade e região. A inscrição será realizada na Escola Mari Cap, localizada na Rua E, Quadra 15, 2,0 no distrito de Unamar, das 10h às 16h.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: