Macaé News
Cotação
RSS

Evento internacional de grafite segue até domingo

Publicado em 29/07/2017 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A programação conta com a participação de artistas urbanos do Brasil e de países como Chile e Itália

A programação conta com a participação de artistas urbanos do Brasil e de países como Chile e Itália

A programação de 204 anos de fundação da vila de Macaé ganhou um colorido especial com o Encontro Kolirius Internacional de Graffiti, que acontece até domingo (30) na Escola Municipal Jacyra Tavares Duval, no Novo Cavaleiros, das 10h às 17h. Este ano, a sétima edição do evento, que faz parte do calendário oficial do município, tem como tema "Macaé: Princesinha do Atlântico".  A programação conta com a participação de artistas urbanos do Brasil e de países como Chile e Itália.

A abertura do Kolirius foi na quinta-feira (27) na Exposição Encontro Kolirius, na Galeria Café com Arte, no Cavaleiros, com mostra de telas dos artistas. Segundo o coordenador e idealizador do evento, Marlon de Carvalho, o Muk, o Kolirius proporciona mais conhecimento sobre o município. Cada participante ganhou 15 sprays e tem um espaço de cinco metros no muro da escola para criar sua arte especial e interagir com outros artistas.

O encontro está sendo marcado pela integração de talentos. Entre eles o representante do Chile, o artista Saile Elias. "Este evento é maravilhoso. É muito bom estar em Macaé com essa galera", destaca. Da mesma opinião é o representante carioca Anderson Costa, o Duim. "Participo deste encontro internacional há sete anos. Me orgulho por estar aqui, poder contribuir com a arte da cidade, aprender e compartilhar experiências com verdadeiros feras", comenta.

Realizado desde 2011, o  Encontro Kolirius Internacional de Graffiti tem o objetivo de resgatar e destacar histórias ligadas ao município a fim de difundir o sentimento de pertencimento, por meio da sensibilidade artística. Um dos focos do evento é a revitalização do muros das escolas, viabilizando a arte como forma de crescimento, intercâmbio cultural, artístico e de gerações.

- Os muros dos espaços escolares de Macaé têm se tornado lugar atrativo de turismo local. O evento internacional é uma oportunidade para divulgar de forma limpa o grafite na cidade e também trocar experiências. Também teremos a oportunidade de ensinar, aprender algumas técnicas e traços. Esta será mais uma forma de conscientização da diferença de grafite e pichação - destaca o curador e artista plástico Muk.  

Participação

Entre os convidados do Encontro Kolirius Internacional de Graffiti estão, além do artista do Chile, Saile, o grafiteiro da Itália, Mate. Já os representantes de Macaé são Cove, Muk, Rota e Talu. Do Rio de Janeiro são Afa, Akuma, Br, Cammiz, Ch2, Duim, Jou, Life, Nitcho, Pakato, SWK e Tarm. Os artistas de Belo Horizonte são Fhero, Hyper, Nica e Viver. Os participantes de São Paulo são Evol, Snek e Stan Bellini.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: