Macaé News
Cotação
RSS

Bandas Escolares se preparam parra desfile cívico

Publicado em 26/07/2017 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Os ensaios acontecem nas dependências das escolas conforme cronograma específico

Os ensaios acontecem nas dependências das escolas conforme cronograma específico

Em Macaé, mesmo no período de recesso escolar, alunos integrantes do projeto Bandas Escolares continuam estudando música e participando de ensaios para o desfile cívico dos 204 anos da cidade. Para melhor atender as bandas, a rede municipal está entregando kits de reposição com 360 instrumentos como escaletas, além de  baquetas de bumbo, de caixas e de liras.

Entre as bandas atendidas estão as das escolas: Zelita Rocha; Jacyra Tavares Duval; Elza Ibrahim; Maria Isabel Damasceno Simão; Oscar Cordeiro; Generino Teotônio de Luna; Paulo Freire; Polivalente Anísio Teixeira; Cláudio Moacyr de Azevedo;  Carolina Curvelo Benjamim e Leonel de Moura Brizola.

Os ensaios acontecem nas dependências das escolas conforme cronograma específico. A Corporação Musical Jamil Andrade Dias, do Colégio Municipal Generino Teotônio de Luna é uma delas. Mesmo de férias, os alunos-músicos estão aquecendo instrumentos como corneta, bumbo, tarol, prato e surdo para fazer parte da programação do desfile que tem como tema: "Família parceira - família escola. Colorindo a Educação para um mundo melhor".

A banda do Ciep Municipal Leonel de Mora Brizola está ensaiando com kits novos. Conduzida pelos instrutores Paulo Vinícius Silva e Wagner dos Santos, os 30 alunos estão pra lá de animados com os instrumentos. Raissa Caetano é uma delas. "Toco escaleta e lira. A banda escolar é tudo na minha vida", conta a aluna do 7º ano. 

Os 40 estudantes da banda da Escola Municipal Generino Teotônio de Luna também não perdem os ensaios. Conduzidos pelo regente Luiz Carlos Pereira, a garotada alia o amor à música e disciplina. Katellen  dos Santos Souza é uma das participantes. A estudante do 9º ano, faz questão de treinar. A jovem, de 15 anos, que toca lira, aprova estar no colégio mesmo no período de recesso. "É muito legal ensaiar e estar com os amigos. Amo música. Depois que entrei na banda, tudo mudou. Fiquei mais focada e minhas notas melhoraram", conta.

Da mesma opinião são as irmãs Maria Eduarda Peçanha e Stefanie Peçanha. Considerada a "mascote" da turma, com apenas 8 anos, Stefanie mostra com muita determinação que ser novata não faz diferença. "Gosto de tocar escaleta. Não perco os ensaios, pois estou melhorando a cada dia. Estou ansiosa para chegar o dia do desfile", conta a menina. Já a irmã, Maria Eduarda, revela que a música é sua paixão. "Toco lira na banda, mas vou participar de aulas de teclado. Quero me dedicar muito à música", explica.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: