Macaé News
Cotação
RSS

Ave de rara aparição é resgatada e solta no Parque Atalaia

Publicado em 24/07/2017 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


O urutau é tido como nobre pelos moradores rurais por simbolizar força e pela forma como se protege dos perigos e dos predadores

O urutau é tido como nobre pelos moradores rurais por simbolizar força e pela forma como se protege dos perigos e dos predadores

Conquista para natureza. Depois de atrair olhares curiosos e ser resgatada neste último domingo (23) no  Mirante da Lagoa,  a ave mãe-da-lua, conhecida como urutau, foi solta nesta segunda-feira (24), no Parque Atalaia.  O resgate foi feito pelas equipes da  Coordenação de Fauna, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, além da Guarda Ambiental. O urutau é reconhecido por ser uma  espécie de hábitos noturnos restrita às regiões mais quentes e utiliza muito bem sua plumagem para se camuflar. De cor clara, a ave juvenil, foi encontrada sem ferimentos.

Após o resgate, a mãe-da-lua recebeu atendimento especial das equipes  que a encaminharam para o Parque Atalaia, local que conta com maritacas e papagaios resgatados que estão em fase de reabilitação. De acordo com o coordenador de Fauna, Fernando Barreto, o urutau normalmente se passa por um pedaço de madeira, um galho de árvore ou mesmo troncos partidos ou em pé. "Por ter hábitos noturnos, a ave foi solta em uma área da mata mais escura. O urutau se destaca  na natureza por ficar estático, não se assustando facilmente", observa.
Urutau - A espécie é reconhecida por ser uma das aves de comportamento intrigante. Ela vive se abrigando em galhos e pedaços de madeira queimada ou ressecada. A razão disso é seu mecanismo de camuflagem: sua penugem é de cor muito parecida à da madeira seca, o que lhe permite passar despercebido, principalmente quando fecha os olhos.

Quem encontrar uma espécie da fauna silvestre, pode ligar direto para o telefone: 2772-3571 (Secretaria de Ambiente).

Lendas - O urutau é tido como nobre pelos moradores rurais por simbolizar força e pela forma como se protege dos perigos e dos predadores. A ave, por seu canto, figura entre várias lendas. Uma delas é que o urutau aparece na hora em que a lua nasce e seu canto triste se assemelha a “foi, foi, foi...”.

Origem do nome - Alguns pesquisadores argumentam que o nome da ave vem da união de duas palavras do guarani: guyra (ave) e taú (fantasma). Outros dizem que o nome é uma onomatopéia para o canto do pássaro: urutau, urutau, em notas graves e decrescentes.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: