Macaé News
Cotação
RSS

Prefeito de Macaé integra a Comissão Municipal da Firjan

Publicado em 20/03/2014 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Com o objetivo de aproximar o poder público das instituições, o prefeito Dr. Aluízio passa a ocupar uma cadeira efetiva na Comissão Municipal da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Nesta quarta-feira (19), o prefeito participou da primeira reunião já como membro da Comissão. O tema foi a ampliação do sistema de abastecimento de água do município. A comissão tem como finalidade atuar na defesa do desenvolvimento social, econômico e sustentável de Macaé.

De acordo com o prefeito, o momento é de união entre o poder público e as instituições: “Macaé é um município de grande importância econômica no contexto da nação. Os debates estabelecidos na comissão nos permitem analisar e resolver os problemas de cada empresa com mais agilidade, pois devemos caminhar juntos”, disse Dr. Aluízio.

Com 21 integrantes, a maioria de empresários da região, o grupo aborda diversos temas, entre eles: segurança pública, financiamento, impostos e desenvolvimento sustentável. De acordo com o presidente da comissão, Evandro Esteves, a participação do poder executivo nos encontros mensais será fundamental para o desenvolvimento do município. "A construção de um relacionamento institucional com o governo municipal dá mais agilidade às respostas às demandas da rotina da indústria e do comércio, refletindo-se, assim, em melhorias significativas para a população macaense" - defende Evandro.

Abastecimento de água

As obras de ampliação do sistema de abastecimento de água de Macaé são executadas pelo governo do Estado, através da Companhia Estadual de Água e Esgoto- Cedae, em parceria com a Prefeitura de Macaé.

De acordo com o superintendente da Cedae em Macaé, Fernando Arruda, a visão da empresa em relação a Macaé é de total prioridade. "Trata-se de uma cidade importante para o Brasil e para o mundo", disse Arruda. 

Dr. Aluízio acrescentou: “A meta do governo é resolver o problema da água em quatro anos. Fazer política não é agradar, é se posicionar, colaborar e cobrar”, observa o prefeito.

As obras, já iniciadas, têm prazo de conclusão de 720 dias. O objetivo é atender uma população de até 290.860 habitantes, já prevendo o crescimento de Macaé, e o valor previsto é de R$ 105.797.172,93.

As intervenções vão beneficiar toda cidade e compreendem a ampliação das elevatórias de água bruta de baixo e alto recalque, ampliação da Estação de Tratamento de Água de 600 l/s para 800 l/s, construção de novo reservatório com capacidade para 5.000 m3, 12 mil novas ligações prediais, construção de 34.496 metros de tubos finos com diâmetros entre 200 mm a 50 mm, entre outras ações.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário