Macaé News
Cotação
RSS

Câmara aprova projetos que estimulam enoturismo no Rio Grande do Sul

Publicado em 05/07/2017 Editoria: Turismo sem comentários Comente! Imprimir


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou proposta do deputado Giovani Cherini (PR-RS) que transforma o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, na Capital Nacional do Enoturismo (turismo do vinho).

O Projeto de Lei 4794/12 recebeu parecer favorável do deputado Covatti Filho (PP-RS). Ele recomendou igualmente a aprovação do PL 4795/12, que tramita apensado e também é de autoria de Cherini. Este cria a Rota Nacional do Turismo Enológico, composta por 14 cidades gaúchas produtoras de vinho.

Os dois projetos tramitam em caráter conclusivo e devem ser transformados em um texto único, que segue para o Senado, a não ser que haja recurso aprovado para que a matéria seja analisada no Plenário da Câmara.

Delimitação
O projeto principal (PL 4794) delimita o Vale dos Vinhedos como o triângulo formado pelas cidades gaúchas de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi.

Já a Rota Nacional do Turismo Enológico (PL 4795) abrange as cidades de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Gramado, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Santa Tereza e Veranópolis.

Tanto o Vale dos Vinhedos como a rota nacional do turismo enológico têm entre seus objetivos o desenvolvimento do potencial turístico regional; o fortalecimento e a ampliação da vitivinicultura; o desenvolvimento da produção industrial da uva e derivados; a organização produtiva de comunidades locais relacionadas a vitivinicultura; e a difusão da enologia.

As duas áreas deverão ter sistema gerenciador de zoneamento ecológico-econômico, estímulo às atividades festivas durante a colheita da uva e fomento a eventos ligados ao enoturismo.

› FONTE: Agência Câmara


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: