Macaé News
Cotação
RSS

PF: organizações criminosas deixam prejuízo de R$ 123 bilhões

Publicado em 18/06/2017 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Polícia Federal (PF) deflagrou, ao longo dos últimos quatro anos, um total de 2.056 operações contra organizações criminosas que totalizaram o prejuízo de R$ 123 bilhões. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Segundo os dados, o maior rombo - de R$ 53,8 bilhões - corresponde aos descobertos na Operação Greenfield, que investiga fraudes nos fundos de pensão. O valor supera consideravelmente os R$ 13,8 bilhões do esquema de corrupção descoberto na Petrobras, a partir da Operação Lava Jato.

Os números revelam uma mudança no perfil da PF, que passou a priorizar investigações patrimoniais em detrimento de aspectos relacionados em autoria e materialidade, segundo disseram especialistas.

No comparativo entre os anos, o valor resgatado pelas operações também aumentou: passou de R$ 6 milhões em 2013, para R$ 2,6 bilhões em 2014 - quando a Lava Jato começou - e chegou a R$ 12,4 bilhões em 2016.

O crescimento também é observado nas situações em que a operação foi capaz de barrar a prática de crimes, os chamados "prejuízos evitados". Em 2014, os valores ficaram em R$ 2,8 bilhões e já no primeiro trimestre deste ano, a tendência é que tenham atingido R$ 12,4 bilhões.

Forças-tarefas

Neste contexto, destacam-se as forças-tarefas organizadas pela Polícia Federal, em que a atuação mútua com outros órgãos contribuiu para deflagrar as operações.

Todas as informações da matéria são da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), da PF, e foram obtidos pelo Estado assegurados pela Lei de Acesso à Informação (LAI).

› FONTE: band


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: