Macaé News
Cotação
RSS

Polícia apreende 60 fuzis de guerra no aeroporto do Galeão

Publicado em 02/06/2017 Editoria: Segurança sem comentários Comente! Imprimir


Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), apreenderam, nesta quinta-feira, 60 fuzis de guerra, no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão). Quatro pessoas, ainda não identificadas, foram presas na ação.

Segundo a polícia, as armas vinham de Miami, nos Estados Unidos, dentro de containers junto com uma carga de aquecedores para piscinas. Entre o armamento estavam: fuzis AK 47, G3 e AR 10.

A Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), uma das unidades que participaram da apreensão no Galeão nesta quinta, foi criada em 20 de abril. Na época, o secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, declarou que a especializada teria a missão de qualificar a investigação e o combate ao tráfico de armas de fogo no estado com apenas 15 agentes.

Na ocasião, Roberto Sá defendeu penas mais duras para quem for pego com armas, principalmente fuzis. Segundo o secretário, no Rio são apreendidas mais de 9 mil armas por ano, muitas delas de uso restrito, como fuzis. Além disso, 5 mil pessoas morrem por disparos de arma de fogo no estado.

Em sua primeira operação, no dia 26 de abril, a Desarme prendeu Leonardo do Nascimento Pereira, conhecido como Leo Banana. O homem é apontado como um dos principais fornecedores de armas e munições para uma facção criminosa do Rio. Além disso, foram apreendidos 900 balas de pistola calibre 9mm. 

› FONTE: O Dia


sem comentários

Deixe o seu comentário