Macaé News
Cotação
RSS

Pesagro-Rio incentiva controle da Brucelose bovina e distribui vacinas para municípios

Publicado em 18/03/2014 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Medida possibilita melhoria das condições de vida do produtor familiar com mais produtividade e adoção de tecnologias sustentáveis

A Pesagro-Rio, empresa de pesquisa Agropecuária vinculada à secretaria estadual de Agricultura, está promovendo ações para aumentar o controle sanitário dos animais e melhorar a qualidade do leite e seus derivados nas principais bacias leiteiras fluminenses. Entre elas, está a disponibilização de vacinas contra a Brucelose para secretaria municipais de Agricultura.

A medida está possibilitando a melhoria das condições de vida do agricultor familiar, que além de aumentar a produtividade, adaptam e introduzem tecnologias direcionadas para a agropecuária sustentável. 

A iniciativa faz parte de projeto financiado pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ, para o controle de zoonoses. As vacinas distribuídas devem ser aplicadas em bezerras de 3 a 8 meses, por médico-veterinário habilitado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, sem ônus para o agricultor familiar.

O controle da Brucelose está focado basicamente na vacinação em massa de fêmeas e no diagnóstico e sacrifício dos animais positivos. O trabalho executado pela Pesagro-Rio segue o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose, do MAPA, estimulando a imunização como forma de redução significativa da ocorrência da doença.

A pesquisadora da Pesagro-Rio, Leda Maria Silva Kimura, coordenadora do projeto, alerta para a necessidade de controle da doença, que pode ser transmitida ao homem.

- Ela acarreta problemas sanitários e prejuízos econômicos consideráveis. Nos bovinos, pode provocar abortos, nascimentos prematuros, esterilidade e baixa produção de leite. No homem, sua manifestação clínica é responsável pela incapacidade parcial ou total para o trabalho - explicou.

Os municípios de Carmo e Cantagalo já participam do programa desde 2012 e 2013, respectivamente. Em Carmo, está localizada a primeira propriedade do estado certificada como livre de Brucelose e Tuberculose (resultado de outro projeto da Pesagro-Rio). Cerca de 5 mil animais já foram vacinados. Os municípios de Miracema, Seropédica e Santo Antônio de Pádua solicitaram sua inclusão neste ano no programa, que conta com o apoio do Rio Leite  e da Defesa Agropecuária, da secretaria estadual de Agricultura.

Os municípios interessados em aderir ao projeto devem entrar em contato com a coordenadoria do projeto através do telefone (21) 3607-5119.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário