Macaé News
Cotação
RSS

26 de abril: um dia para pensar na sua pressão arterial

Publicado em 26/04/2017 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


As doenças cardiovasculares são as que mais matam no mundo. No Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão, cerca de 820 pessoas morrem por dia devido à pressão alta ou complicações que ela pode causar, ou seja, 1 morte a cada 2 minutos. Para conscientizar a população para a gravidade da pressão alta, foi criado o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, comemorado amanhã, 26 de abril.

O Ministério da Saúde estima de no país há aproximadamente 30 milhões de hipertensos, mas apenas 10% fazem o controle adequado da doença. “As graves consequências da pressão alta podem ser evitadas, desde que os hipertensos conheçam sua condição e mantenham-se em tratamento. A pressão alta não tem cura e os pacientes devem seguir o tratamento acompanhado do seu médico”, destacou o cardiologista da Unicor Macaé, Matheus Sigiliano Carneiro.

O médico destacou que a pressão alta é grave e pode ser uma "inimiga silenciosa", já que muitas vezes o paciente não sente nada. “Os sintomas mais comuns são dor de cabeça, cansaço, tonturas e sangramento pelo nariz. É importante destacar que crianças e adolescentes também podem ter pressão alta e os hábitos familiares influenciam muito no desenvolvimento da doença”, reforçou dr. Matheus.

A alimentação saudável, prática regular de exercícios e controle do peso são fundamentais para controlar a pressão arterial. “A orientação para a prevenção é ter uma vida saudável: evitar sal, temperos prontos, alimentos gordurosos, frituras, embutidos, não fumar, evitar o stress, controlar o colesterol e o diabetes. A prática de exercícios físicos, pelo menos 30 minutos por dia, também é fundamental para a prevenção da doença”, concluiu.  

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: