Macaé News
Cotação
RSS

Educação em Macaé prossegue com cursos gratuitos

Publicado em 18/04/2017 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A Secretaria de Educação prossegue com cursos gratuitos que estão sendo ministrados no Centro de Formação Professora Carolina Garcia, no Colégio Municipal Maria Isabel Damasceno Simão. São eles: Contribuições Práticas da Fonoaudiologia para a Educação; O Afeto que Encerra um Olhar Contemporâneo no Amor; e Desobediência Criativa: Arte como Ruptura. O quarto curso tem aulas na quinta-feira (20), sobre Estado e Políticas Públicas. Dois novos ainda não têm data prevista para começar, mas as inscrições estão abertas para: Filosofia do Cuidado, com o coordenador da Unilivre, Paulo de Tarso de Castro Peixoto; e Neuroeducação: neurociência e aprendizagem com Ana Carolina Moda Nunes.

Os cursos destinam-se a profissionais da área como ferramenta de capacitação no ensino-aprendizagem e troca de experiências das melhores práticas educacionais em sala de aula. Foram oferecidas 200 vagas. A ação é uma parceria entre a Universidade Livre (Unilivre), da Secretaria Adjunta de Ensino Superior, vinculada à Secretaria de Educação.

Além de professores e alunos, os cursos também são dedicados aos servidores municipais de outras áreas e cidadãos em geral comprometidos com os avanços da qualidade na Educação. Abaixo está disponível a programação dos cursos. As aulas são presenciais e os cursos deste primeiro semestre acontecem de abril a junho. São requisitos para aprovação nos cursos a obtenção mínima de 75% de presença e 75% de aprovação no cumprimento dos prazos estipulados para a entrega dos trabalhos/pesquisa. O Colégio Maria Isabel está localizado à Rua Dr. Francisco Portela, 410, no Centro.

Programação dos cursos:

- Contribuições Práticas da Fonoaudiologia para a Educação.

Ministrado por Ana Cristina Carneiro Puppin de Faria - graduação em Fonoaudiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Trinta vagas em 20 horas de aula. Próximas aulas dias 18/4, 2/5, 16/5 e 23/5, das
8h às12h.

- Temas: Desenvolvimento Infantil; Etapas de aquisição de linguagem; Noções de neuroanatomia; Principais patologias fonoaudiológicas na escola; Processamento auditivo central; Gagueira; TDAH; Transtorno do Espectro do Autismo; Dislalia – troca de letras; Atraso de linguagem; Distúrbios da Aprendizagem: dificuldades, dislexia, discalculia, disortografia; Inclusão; O professor como instrumento afetivo.

- O afeto que se encerra um olhar contemporâneo no amor – Módulo I.
Ministrado por Gerson Dudus - Jornalista, Mestre em Comunicação e Cultura, poeta. Coordenador do projeto Língua do P, no Centro Macaé de Cultura (2016). Trinta vagas em 20 horas de aula. Próximas aulas nos dias 18/4, 2/5, 16/5 e 23/5, das 13h às 17h.

Tema: O curso se divide em três partes:
1. Um ciclo de vídeo, com produções contemporâneas que falam do amor. Um filme por semana, para ser discutido após a exibição.
2. Um grupo de discussão sobre o conceito de amor no ocidente, através de textos de filósofos, psicólogos e outros cientistas sociais. Também através de um questionário formulado com os participantes e uma pesquisa aplicada por internet.
3. Uma oficina de criação, onde serão produzidos textos/roteiros sobre formas do amor na contemporaneidade, com a criação de página de facebook onde serão postados vídeos/textos criados pelos participantes.

- Desobediência Criativa: arte como ruptura.
Ministrado por Paulo Emílio Azevedo - Professor, Mestre em Políticas Sociais e Doutor em Ciências Sociais. Recebeu diversos prêmios, como “Rumos Educação, Cultura e Arte”/Instituto Itaú Cultural, 2008 e “NADA SOBRE NÓS SEM NÓS”/ESCOLA BRASIL/MINC, 2011. São 40 vagas em 20 horas de aula.  Próximas aulas nos dias 11/4, 18/4, 25/4 e 2/5.

Temas: Corpos desobedientes e arte como ruptura e ressignificação do objeto; Reflexões sobre a vida como obra de arte x atividade prática; Sobre Liberdade, desconstrução e sensação.

Compreendendo por um lado a Estética como campo privilegiado da ação humana e por outro, a banalização recorrente do uso da arte como homogeneização das subjetividades e/ou expressão de salvação ou contenção sutil, o curso aborda a percepção crítica dos seus conteúdos.

Não coincidentemente, refuta a tese inclusiva de projetos sociais e seus pares, bem como problematiza o uso das energias raivosas como possibilidade de abertura ao processo descrito como “conflito estético, desobediência e criação”. Portanto, a relevância do tema se faz numa dupla dimensão: simbólica e epistemológica.

- Estado e Políticas Públicas.
Ministrado por Alexandre Vasilenskas Gil - Psicólogo formado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Mestre e Doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da UERJ (IMS/UERJ). Representante do Conselho Regional de Psicologia (CRP05) no Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. São 30 vagas em 20 horas de aula. Próximas aulas nos dias 20/4, 4/5, 18/5 e 1/6.

Tema: O Conceito de Estado e suas principais teorizações; Estado e Hegemonia; Estado e Sociedade Civil; Estado e Crise Neoliberal - Conceito de Política Pública; Principais Políticas Públicas inauguradas a partir da Constituição de 88: Saúde, Assistência Social e Educação. PEC 55.
 

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: