Macaé News
Cotação
RSS

Prefeitura de Macaé traça Plano de Expansão da Cidade Universitária

Publicado em 15/03/2014 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A Cidade Universitária crescerá ainda mais de forma planejada e organizada a partir do Plano de Reestruturação e Expansão que está sendo discutido numa ação integrada entre a prefeitura, por meio da Fundação Educacional de Macaé (Funemac), e as instituições que compõem o campus: a Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal Fluminense (UFF).

Na tarde desta sexta-feira (14), o presidente da Funemac, Gleison Guimarães, teve a primeira reunião para tratar o assunto junto com a diretora pró-tempore da UFRJ, Elizabeth Accioly; o prefeito da Cidade Universitária da universidade no Rio de Janeiro, Ivan do Carmo; equipes das secretarias municipais de Obras e Mobilidade Urbana de Macaé e do Escritório Técnico Universitário da UFRJ (ETU) e o vice-presidente da Funemac, Carlos José Mattos de Andrade.

No encontro, foi apresentada a nova planta de ocupação e expansão do campus que inclui otimização do estacionamento, que ganhará mais vagas e fluidez de veículos na entrada e saída da Cidade Universitária, além da biblioteca, Restaurante Universitário (RU) e projeto de urbanização e paisagismo de todo o espaço. São reivindicações de todos que diariamente utilizam o campus: alunos, professores e equipe técnico-administrativa.

Tudo está sendo pensado em conjunto, até as mudanças necessárias para humanizar o trânsito na rua Aloísio da Silva Gomes, onde está localizada a Cidade Universitária, e concentra grande movimento de pedestres e veículos todos os dias por conta do campus, do shopping que está em frente e de grandes empresas no entorno.

- Nosso objetivo é interagir para que a expansão do campus sempre possa acontecer em comunhão com as instituições co-irmãs UFRJ e UFF e a nossa faculdade pública municipal FeMASS. Isso fortalece a unidade da Cidade Universitária que já está ouvindo todos os envolvidos neste processo – destacou Gleison Guimarães.

Ele informou que todo o planejamento obedece ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e só a partir de novos encontros e com base no diagnóstico da situação atual será elaborada a proposta para a implantação efetiva da nova estrutura.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário