Macaé News
Cotação
RSS

"Desmascaradas", Friboi e outras marcas investigadas são alvo de revolta na web

Publicado em 18/03/2017 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Operação Carne Fraca deflagrada nesta sexta-feira (17) já fez história:  além de ser a maior investigação já realizada pela Polícia Federal (PF), envolvendo mais de 1.100 policiais em seis estados do País e no Distrito Federal, também apontou grandes nomes da indústria alimentícia, como a JBS (dona da Seara, BigFrango e Friboi) e a BRF Brasil (que controla marcas como Sandia e Perdigão).  Consumidores revoltados expressaram sua comoção na internet, não sem razão, e as hashtags CarneFraca, CarnePodre e CarnePodreFriboi estavam entre as Trend Topics do dia.

“Desmascarada”, a Friboi foi grande alvo das mensagens consternadas dos consumidores que, inclusive, defenderam um boicote ao frigorífico. “A Friboi não está nem aí para as carnes podres que vendeu, mas sim como vai vender o resto”, escreveu um internauta. “O nome da operação deveria ser CarnePodre ao invés de Carne Fraca ”, apontou outro.

Entre as mensagens contra a empresa que, em sua publicidade faz a promessa de ser o próprio nome da “carne de qualidade”, até o ator Tony Ramos foi citado, após fazer dezenas de propagandas na TV.

Assim como outros temas discutidos na internet, o assunto foi tratado com revolta, mas com uma pitada de bom humor – e ironia, claro. Muitas pessoas não deixaram passar despercebido o envolvimento do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, dos partidos políticos e dos fiscais . “Corrupção está enraizada nesse País”, desabafou um internauta, na rede social.

› FONTE: US


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: