Macaé News
Cotação
RSS

Macaé: todos serão imunizados contra a febre amarela

Publicado em 15/03/2017 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A campanha de imunização preventiva contra a febre amarela, em Macaé, foi ampliada. A partir desta quinta-feira (16), as doses estarão disponíveis para todos nas seguintes unidades com atendimento 24 horas: Prontos Socorros do Aeroporto e Imbetiba, e as Unidades de Pronto Atendimento  (UPAs) da Barra e Lagomar. Com a confirmação dos dois primeiros casos da doença no Estado do Rio, a Secretaria Estadual de Saúde intensificará, como medida imediata, a vacinação em 24 município estratégicos, entre eles, Macaé.

As pessoas que já estavam agendadas na Casa da Vacina permanecem com o atendimento para o dia marcado. Não haverá novos agendamentos. Para acelerar o processo de imunização, também a partir desta quinta-feira (16), será realizada vacinação no Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas.

- No Jorge Caldas serão 200 doses de vacina por dia. Cem na parte da manhã e a outra metade no período da tarde, de 8h às 16h. O atendimento acontece por meio de distribuição de senhas, que serão entregues antes de cada período - pontua a coordenadora de Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-cin, acrescentando que não há necessidade de correria aos postos de saúde, pois o município receberá doses suficientes para atender à demanda de toda a população.

Vacinação - A faixa etária é de nove meses a 60 anos. A vacina não é recomendada para gestantes, lactantes de crianças com até seis meses de idade e nem para quem tem mais de 60 anos, nesse último caso o médico deverá avaliar o benefício e o risco. A vacinação também é contraindicada para pessoas com câncer; HIV positivo; que sejam alérgicas à proteína do ovo e à gelatina ou que façam uso de medicamentos como corticoide. Quem já tomou duas doses da vacina está imunizado pelo resto da vida.

Região Serrana - Desde segunda-feira (13), a região serrana de Macaé foi a primeira área  contemplada com a vacinação. A medida preventiva marcou o início da tática de vacinação em todo o município. A ideia é criar uma faixa de bloqueio devido à proximidade com Mata Atlântica.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: