Macaé News
Cotação
RSS

Eleições deste domingo mobilizaram 200 mil brasileiros

Publicado em 13/03/2017 Editoria: Eleição 2016 sem comentários Comente! Imprimir


Mais de 200 mil brasileiros foram às urnas neste domingo (12) escolher novos prefeitos para 11 cidades, no Rio Grande do Sul, em Minas Gerais, no Mato Grosso e no Amapá. As eleições ocorreram nas cidades onde os chefes do executivo municipal eleitos em outubro do ano passado tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral .

O maior vencedor dessa eleição suplementar foi o PMDB, que conquistou a administração da cidade com maior número de eleitores dentre aqueles que tiveram novo pleito neste domingo (Gravataí, no Rio Grande do Sul, com 273 mil habitantes). Contando o município gaúcho, o partido do presidente Michel Temer somou duas prefeituras na eleição deste domingo, mesmo número de vitórias do PT, do DEM e do PDT. Os demais pleitos foram vencidos pelo Solidariedade, pelo PP e pelo PPS.

Resultados
O estado com maior número de pleitos neste domingo foi o Rio Grande do Sul. Os moradores de Gravataí escolheram como prefeito Marco Alba, do PMDB, que obteve 40,28% dos votos válidos. Outro peemebedebista, o candidato Paulinho foi eleito prefeito em São Vicente do Sul , com 52% dos votos. Já os eleitores de Butiá elegeram Daniel (PT), com 51% dos votos.

No município de Arvorezinha , 50,8% dos eleitores escolheram Rogério Fachinetto (PDT) como novo prefeito. Outro pedetista foi eleito prefeito na cidade de Salto de Jacuí , também em terras gaúchas: Claudio Robinson, com 62,2% dos votos. Em São Vandelino , foi eleito o candidato Evandro (PTB), com 55,8% dos votos válidos.
No Mato Grosso, a candidata Maria Lucia, do PP, foi eleita em Conquista D&39;Oeste com 52,14% dos votos.

Em Minas, o candidato Vitor de Salvador (Solidariedade) foi eleito prefeito de Alvorada de Minas com 57,13% dos votos. Já na cidade de Ervália , quem levou a melhor foi Eloisio Cunha (DEM), escolhido por 55,33% dos eleitores. Em São Bento Abade , a petista Jane Irmã de Janete foi eleita com 48,8% dos votos válidos.
Já no Amapá, os eleitores de Calçoene elegeram o cadidato Jones (PPS), com 35,8% dos votos.

Dezenas de outros municípios ainda podem vir a ter novas eleições este ano. O TSE estipulou 12 possíveis datas para os pleitos. A próxima será em 2 de abril, quando 12 municípios de seis estados já se preparam para voltar às urnas, entre eles Foz do Iguaçu, no Paraná.

› FONTE: US


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: