Macaé News
Cotação
RSS

Macaé faz campanha para prevenir doenças sexualmente transmissíveis no Carnaval

Publicado em 23/02/2017 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A Prefeitura de Macaé, por meio da coordenação do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) /DST/Aids, da Secretaria de Saúde, distribuirá 140 mil preservativos masculinos e folderes explicativos sobre as doenças sexualmente transmissíveis e bolsinhas para celular, durante o Carnaval. As ações serão realizadas na Praia dos Cavaleiros, Infraero (Aeroporto), Colônia dos Pescadores, Associação de Moradores, clubes, salões de beleza, unidades de saúde na região serrana, Hospital Público de Macaé (HPM), entre outros locais.

De acordo com informações da representante da coordenação do Centro de Testagem e Aconselhamento, a assistente social Roselle Andrade Galvão, a distribuição de preservativos masculino na Praia dos Cavaleiros será no sábado (25) e terça-feira (28) de Carnaval. "Estaremos com uma tenda no posto 1, onde vamos distribuir camisinhas, folderes explicativos sobre a doença e tirar qualquer dúvida, caso algum folião tenha", diz, acrescentando que já houve distribuição de camisinhas nas associações de moradores dos bairros Malvinas, Nova Holanda, Fronteira e Nova Esperança.

Além disso, a equipe ministra palestras sobre o assunto em empresas privadas, tirando as principais dúvidas das pessoas. "Nos terminais de ônibus do município terá também distribuição de preservativos e cartazes afixados nos coletivos, alertando sobre a importância de se prevenir no Carnaval e durante o ano todo", ressalta.

Epedemia cresce no país-  A epidemia de HIV/Aids é um grave problema de saúde no Brasil. Em Macaé, por ser uma cidade com população flutuante elevada e além de atrair muitos turistas, os casos notificados da doença têm crescido a cada ano. "Precisamos avançar na prevenção no mesmo sentido que construímos uma melhor assistência aos soropositivos", pontua Roselle.

Segundo dados da coordenação do DST/Aids do município, foram notificados em 2014, 182 casos novos da doença; em 2015, 134; em 2016, 189 e, neste ano, até o dia 22 de fevereiro, 23 pessoas foram confirmadas com o vírus.

Testes e tratamento- Quem quiser fazer o teste rápido de HIV, Sífilis, Hepatites Virais, pode procurar o Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas, de segunda a sexta-feira.O tratamento é realizado por uma equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicólogos, médicos, dentistas, entre outros profissionais especializados para tratar do assunto.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: