Macaé News
Cotação
RSS

Cinquenta e seis jovens entram no Nova Vida

Publicado em 21/02/2017 Editoria: Empregos sem comentários Comente! Imprimir


Cinquenta e seis adolescentes fizeram inscrição nesta segunda-feira (20) para o Programa Nova Vida após serem convocados no processo seletivo ocorrido em junho de 2016. O Programa Nova Vida destina-se a jovens de 14 a 17 anos e 11 meses. No contraturno da escola, eles têm a oportunidade de desenvolver trabalhos educativos nos setores da prefeitura e em órgãos federais. O programa existe desde o ano de 1991. Fornece meio salário mínimo a cada adolescente, que tem a incumbência de atuar apenas em setores administrativos.

Maria Aparecida de Oliveira, vendedora de 32 anos, moradora do bairro Lagomar, disse que vê como grande oportunidade para seu filho Ramon de Oliveira (16). Ele se inscreveu no Centro de Referência em Assistência Social do Parque Aeroporto. "As portas se abrem com novas oportunidades para o futuro  dele, que vai ganhar seu próprio dinheiro, comprar suas coisas e ajudar a família, dentro de casa", justifica.

Ramon afirmou que pela primeira vez vai fazer compra com seu próprio dinheiro. "Isso vai me dar independência", garante o adolescente. Já a mãe de Kesia da Silva (16), dona Ionisa da Silva (56), se considera abençoada pelo ingresso de sua filha no Programa. Kesia foi enfática: "Certamente irei aprender muita coisa, serei mais independente e mais feliz." A jovem e sua família moram no Bosque Azul.

Já a doméstica Mirian Pataxó, de 40 anos, mãe de Stephany dos Santos (15), se disse muito feliz por sua filha ter uma chance única na vida, que vai colaborar para seu crescimento. "Inclusive, a responsabilidade dela vai aumentar", diz. Stephany conta que seus sonhos estão se realizando e que espera oportunidades sempre em sua vida. Ela e sua família moram no Jardim Franco.

O Programa Nova Vida tem parceria com o Centro Integrado Empresa Escola (CIEE), que oferece programa de desenvolvimento pessoal; com a Faculdade Salesiana, responsável por capacitações mensais em diversas áreas; orientações vocacionais com psicólogas voluntárias, além de parceria com a Secretaria de Educação, que proporciona aos adolescentes cursos de informática e com os Cras.

Está vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade e conta a partir de agora com 150 adolescentes. Segundo o coordenador do Nova Vida, o pedagogo Douglas Fontes, o lema do programa é "Incluir para Capacitar". "O Nova Vida é um programa e não um projeto, tem como base a Lei Municipal 2606/2005 e é custeado unicamente pela Prefeitura de Macaé", informou.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: