Macaé News
Cotação
RSS

Projeto Ecorais inicia monitoramento dos corais de Búzios

Publicado em 27/01/2017 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


Além de avaliar e monitorar a saúde dos ambientes coralíneos, grupo vai trabalhar para sensibilizar a sociedade sobre a importância da conservação dos corais

Além de avaliar e monitorar a saúde dos ambientes coralíneos, grupo vai trabalhar para sensibilizar a sociedade sobre a importância da conservação dos corais

O projeto Ecorais, do BrBio – Instituto Brasileiro de Biodiversidade, promove no próximo fim de semana (28 e 29 de janeiro) a campanha SOS Mar de Búzios, com ações na Praça Santos Dumont e nas praias. O Ecorais é financiado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio no Projeto de Apoio à Pesquisa Marinha e Pesqueira do Estado do Rio de Janeiro

“Estamos de volta à Armação de Búzios 16 anos depois da primeira etapa de nosso projeto. Nos próximos meses, nossa equipe vai trabalhar na avaliação e monitoramento da saúde dos ambientes coralíneos e vai trabalhar para sensibilizar a sociedade sobre a importância da conservação dos corais. Além disso, vamos mapear a fauna e a flora marinha e formar multiplicadores a partir de ações de educação ambiental”, explica Simone Pszcol, diretora executiva do BrBio e coordenadora do Projeto Ecorais.

O projeto Ecorais, do BrBio – Instituto Brasileiro de Biodiversidade, promove no próximo fim de semana (28 e 29 de janeiro) a campanha SOS Mar de Búzios, com ações na Praça Santos Dumont e nas praias. O Ecorais é financiado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio no Projeto de Apoio à Pesquisa Marinha e Pesqueira do Estado do Rio de Janeiro

“Estamos de volta à Armação de Búzios 16 anos depois da primeira etapa de nosso projeto. Nos próximos meses, nossa equipe vai trabalhar na avaliação e monitoramento da saúde dos ambientes coralíneos e vai trabalhar para sensibilizar a sociedade sobre a importância da conservação dos corais. Além disso, vamos mapear a fauna e a flora marinha e formar multiplicadores a partir de ações de educação ambiental”, explica Simone Pszcol, diretora executiva do BrBio e coordenadora do Projeto Ecorais.

› FONTE: JB


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: