Macaé News
Cotação
RSS

FBI prende executivo da Volkswagen por conspiração, diz jornal

Publicado em 09/01/2017 Editoria: Mundo sem comentários Comente! Imprimir


O FBI, polícia federal americana, prendeu no último sábado o executivo da Volkswagen Oliver Schmidt sob acusação de conspiração para fraudar os Estados Unidos. As informações foram divulgadas pelo jornal The New York Times nesta segunda, que citou fontes próximas ao caso. Ele foi detido no Estado da Flórida e deve ser encaminhado à cidade de Detroit (no estado de Michigan) nesta segunda-feira.

Schmidt liderou a área de compliance – setor corporativo destinado a evitar que uma empresa faça algo ilegal – da Volkswagen nos Estados Unidos entre 2014 e 2015. Ele teve participação importante na tentativa que a empresa fez para convencer as autoridades americanas que o excesso de emissões de seus veículos a diesel não detectados nos testes eram falhas técnicas, em vez de uma tentativa deliberada de enganar as agências reguladoras. As suspeitas começaram após um estudo feito pela Universidade da Virgínia Ocidental, em 2014.

A Volkswagen admitiu em setembro de 2015  que 11 milhões de automóveis alteravam o funcionamento do motor sempre que detectavam estarem sendo testados, para gerar menos poluentes e serem aprovados. A fraude afetava inclusive veículos que foram vendidos no Brasil. Quando estavam nas ruas, os carros emitiam até quarenta vezes o limite do poluente óxido de nitrogênio.

› FONTE: Abril


sem comentários

Deixe o seu comentário