Macaé News
Cotação
RSS

Barra arenosa da Lagoa já fechou 80%

Publicado em 22/11/2016 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


Cerca de 80% da barra arenosa aberta na Lagoa de Imbossica, na última quinta-feira (17), já está fechada. A recomposição acontece naturalmente e foi antecipada devido a ressaca do mar no fim de semana. De acordo com o coordenador de Biodiversidade, Gestão das Águas e Território, Sávio Magaldi, o processo agora é de entrada de água do mar na lagoa.

"Com isso, a renovação das espécies e das águas foi acelerada. A ideia é, ainda, contribuir com a balneabilidade e a diminuição do nível da água, além de um trabalho intenso no monitoramento, verificação das ligações clandestinas de esgoto, limpeza e reforço da educação ambiental na região", acrescenta Sávio.

A ação de abertura da barra na Lagoa de Imboassica aconteceu após estudo do Comitê da Bacia Hidrográfica de Macaé (CBH), formado pelas secretarias de Ambiente de Macaé e Rio das Ostras, Instituto Estadual de Ambiente (Inea), Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem/UFRJ) e sociedade civil, que realiza análise da operação.

Uma equipe do Nupem recolheu e recolherá amostras da fauna, flora e água. Dessa forma, será realizado um &39;antes e depois&39; da abertura do canal para que, após o resultado, sejam implantadas políticas públicas na área.

A Secretaria de Serviços Públicos está recolhendo, desde sábado (19), os peixes encontrados mortos nas praias do Pecado, Cavaleiros, além da Lagoa. Segundo a secretaria de Ambiente, a ocorrência das mortes foi devido a diferença térmica das águas do mar e da lagoa. Os resíduos estão sendo levados para o Aterro Sanitário, localizado às margens da BR-101, sentido Rio de Janeiro. "A quantidade recolhida é menor que a expectativa do Comitê da Bacia Hidrográfica (CBH). Além disso, a reprodução na lagoa é 20 vezes maior que as espécies perdidas", afirma Sávio.

O coordenador também aponta que essa é a primeira vez que a barra arenosa da lagoa é aberta após um tratamento de efluente intenso, que conta hoje com cerca de 80% do esgoto tratado no local, o que vai permitir uma água limpa por muito mais tempo.

Pesca suspensa até fevereiro
Para que aconteça a renovação das espécies que habitam a Lagoa de Imboassica, a pesca foi suspensa no local a partir desta segunda-feira (21), no momento em que o mar começa a fazer o movimento de retorno para a Lagoa. A pesca deve ser liberada no final do mês de fevereiro de 2017. O prazo de três meses é necessário para esse processo de renovação. 

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: