Macaé News
Cotação
RSS

Carnaval reuniu 350 mil pessoas em festa de paz e segurança em Rio das Ostras

Publicado em 06/03/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Prefeito Sabino prestigiou desfile do Bloco da Feliz Idade ao lado da centenária Dona Florisbela.

Prefeito Sabino prestigiou desfile do Bloco da Feliz Idade ao lado da centenária Dona Florisbela.

Mesmo reunindo cerca de 350 mil pessoas, segundo dados da Secretaria de Turismo, o Carnaval de Rio das Ostras transcorreu com muita alegria, sem graves incidentes. A tranquilidade foi garantida pelo cinturão de segurança montando no Município, integrando 360 homens, por dia, da Guarda Municipal, Bombeiros e Polícia Militar. A rede hoteleira também comemorou os 93% de ocupação no período, além do comércio e ambulantes que aproveitaram a folia para ampliar as vendas.

A Prefeitura escolheu como tema da folia a Copa do Mundo e o futebol, homenageando os times nacionais, em especial, o Rio das Ostras Futebol Clube e seu mais renomado sócio, o grande compositor Dorival Caymmi.

Em uma boa estrutura montada no Beira-Rio, com acessibilidade para todos, a tenda foi palco dos bailes, com sucesso de público todos os dias. Nas orlas, os blocos, como os tradicionais Barata, Coruja, Pescoço do Peru e Blocana, arrastaram multidões. Batalhas? Só de confetes e serpentinas entre as crianças das matinês, com suas criativas fantasias de personagens. Ainda foram destaques a vitalidade dos idosos do Bloco da Feliz Idade, formado por integrantes do projeto de mesmo nome da Prefeitura, e o Bloco da Saúde, que transformou prevenção em enredo. O público ainda ficou conhecendo o vencedor do 1º Concurso de Marchinhas da cidade, a “Marcha da Cachaça”.

Na Área de Eventos de Costazul, shows do CPM 22, Os Paralamas do Sucesso, Eduardo Dussek e Diogo Nogueira atraíram milhares de pessoas e mostraram que Carnaval não se resume ao samba.

O público elogiou a organização da festa. Ana Teresa da Silva veio de Niterói para curtir a festa de Momo na cidade. De uma família de foliões, ela desfila no Bloco Boi Bumbá. “A festa está muito tranquila, com muita organização e segurança para os moradores e os turistas”, disse Ana Teresa, que tem casa na cidade há 30 anos.

Segundo o prefeito Sabino, a ação integrada entre todos os setores da Prefeitura, mais o trabalho da Polícia Militar e dos Bombeiros, contribuiu para o sucesso do evento. “Houve um grande empenho de toda nossa equipe para que tivéssemos uma festa de paz e alegria. A ação do cinturão de sSegurança, com apoio da PM, Bombeiros e Guarda Municipal, foi essencial para que hoje possamos dizer que honramos nosso compromisso de promover um Carnaval para as famílias”, disse o prefeito.

SEGURANÇA - As medidas de segurança, traçadas em parceria pela Prefeitura e o Comando do 32º Batalhão da Polícia Militar, surtiram efeito positivo. A maior incidência de infrações registradas pelas autoridades policiais ficou por conta de abusos no volume de som dos carros. A Guarda Municipal também atuou nos excessos em relação ao som dos veículos e estacionamento irregular: mais de 83 veículos foram apreendidos. Também foram recolhidas 32 motos por falta de documento e falta de equipamentos de segurança.

O Capitão Fabrício Pinheiro, responsável pela 3ª Companhia da PM de Rio das Ostras, comemora o resultado. Ele destacou que não foram registrados incidentes violentos graves ou homicídios. A Polícia Militar apreendeu durante os dias de folia 60 carros por documentação irregular. Também foram autuados 20 veículos dentro da operação da Lei Seca. A equipe de guarda-vidas, da Secretaria de Segurança Pública, realizou quase 80 atendimentos nas praias e Lagoa de Iriry, todos com sucesso.

O esquema de saúde montado pela Prefeitura, com três postos instalados nas áreas de maior concentração, além do Pronto Socorro, garantiu agilidade no atendimento. A Secretaria de Saúde atendeu a quase 3 mil casos, a maior parte com pouca gravidade, por abusos de bebida alcoólica.

BOMBEIROS – Este foi o primeiro Carnaval que a cidade contou com atuação da unidade local do Corpo de Bombeiros. O Destacamento dos Bombeiros do Município registrou, entre os dias 1 a 4 de março, 32 ocorrências. Os guarda-vidas dos Bombeiros registraram 55 ocorrências.

LIMPEZA - Quem teve muito trabalho foi a equipe da limpeza pública, que recolheu, em média, por dia, 130 toneladas de resíduos, 30 toneladas a mais se comparado aos dias normais. Para manter a cidade limpa, foi montando um verdadeiro exército, cerca de 450 pessoas trabalharam diariamente divididas em três turnos. 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário