Macaé News
Cotação
RSS

Tecnologia de microgeração de energia chega a Belo Horizonte

Publicado em 27/12/2013 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Os consumidores residenciais de Belo Horizonte, em Minas Gerais, já podem gerar energia elétrica através de projetos de microgeração em parceria com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Uma usina fotovoltaica instalada em uma casa no bairro Taquaril, região Leste, é a primeira da capital mineira a gerar energia para outras unidades consumidoras da cidade, utilizando essa nova tecnologia.

No final do ano passado, entrou em vigor uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que regula a geração descentralizada de energia no Brasil. Dessa forma, consumidores de energia elétrica podem ter um sistema para produzir qualquer tipo de energia renovável em suas residências e obter descontos na conta de energia.

Ao todo, a Cemig tem 42 consultas de interesse para a construção de usinas fotovoltaicas em Minas Gerais. A expectativa da Empresa é que, com a adesão dos clientes, a economia gerada seja revertida em venda de energia elétrica para outros consumidores.

Os painéis fotovoltaicos devem ser adquiridos pelos clientes, e o projeto deve ser assinado por um engenheiro responsável, que deve enviar a documentação para as concessionárias. De acordo com especialistas, o prazo de garantia de um sistema fotovoltaico é da ordem de 25 anos, mas para alguns equipamentos pode chegar a 30 anos.

Segundo o engenheiro de comercialização da Cemig, Wilson Geraldo Machado, essa iniciativa vai gerar economia de energia  para o consumidor e ajudará na preservação dos recursos naturais.

“O custo do investimento se paga em aproximadamente sete anos, com a redução dos gastos. Além disso, a redução da fatura de energia é considerável e o cliente, ainda, vai passar a utilizar energia sustentável”, comenta.

De acordo com a resolução 482/2012 da Aneel, todo e qualquer consumidor residencial, industrial ou comercial, desde que seja micro ou mini geração pode gerar energia em regime de compensação. A potência de uma usina qualquer para esse tipo de geração está limitada ao máximo de 1 MW.

VF

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário